17/07/2018 13h59

Regularização urbana ainda é um tabu em muitas regiões do Brasil

Por: Folha de Dourados
 

Empresa ajuda moradores a regularizarem e obterem de forma mais rápida a escritura de seu imóvel

No Brasil aproximadamente 50% da população urbana mora em edifícios informais ou seja existem aproximadamente 100 milhões de pessoas que moram em propriedades urbanas irregulares. Esta grande fatia da população, não possui a escritura de sua residência e também não tem acesso aos benefícios das estruturas urbanas formais como saneamento, iluminação pública, pavimentação entre outros.

O governo federal em 2017 publicou a Lei 13.465 que entrou em vigor e facilitou a regularização de propriedades rurais na Amazônia Legal e urbanas em todo Brasil, esta lei foi regulamentada pelo decreto 9.310/2018 que tornou o processo de regularização urbana mais ágil deixando de ser judicial e o tornando administrativo. Assim a pessoa ligada com a propriedade pode solicitar em seu município a regularização.

Através do programa REURB previsto nesta nova legislação, ampliou-se a possibilidades de acesso a escritura de propriedades urbanas. A lei traz diversos instrumentos que facilitam essa regularização como o direito de laje, a modalidade Reurb-S para população de baixa renda que traz a possibilidade de regularização de áreas de expansão urbana e também preservação permanente, desde que sejam atendidos os requisitos previstos pela lei.

A regularização urbana possibilita diversos benefícios para a população, as famílias passam a ter seu imóvel valorizado, acesso ao crédito imobiliário, possibilidade de oferecer o imóvel em garantia de empréstimos, acesso a estruturas urbanas, segurança jurídica de propriedade e direito de herança.

Para os municípios é gerado o aumento da arrecadação de impostos, que serão revertidos nas melhorias da estrutura urbana para a população, além de aquecer a economia local no mercado imobiliário. Esse método vem sendo adotado em alguns estados como Paraná, Rondônia, Tocantins e Pará que implementaram esta legislação.

A empresa EGTX com sede no Paraná através do trabalho de seus técnicos (advogados, engenheiros civis e ambientais, topógrafos e geógrafos) e com auxílio de representantes comerciais espalhados em todo Brasil tem ajudado os moradores de propriedades irregulares a obter de forma legal e mais rápida a escritura de seu imóvel.

 

Envie seu Comentário

 

Notícias

Política
Esporte
Educação
Dourados
Estado&Região
Economia
Polícia
Geral
Meio Ambiente
Rural
Tecnologia
Brasil&Mundo
Cultura
Curiosidade
Entretenimento
Saúde
Turismo
Religião
Mídia
Ciências

Colunistas

Culturalmente Falando
Cleiton Zóia Münchow
Rebecca Loise
Antenado
Enfoque
Consciência Cósmica
Gastronomia
Informe Vet
Falando de Cinema
Aniversariantes
Salada Mista
Victor Teixeira
Waldir Guerra

+ Canais

Entrevistas
Charges
Vídeos
Eventos

Expediente

Sobre Nós
Anuncie
Trabalhe Conosco
Termos de Uso