ENCONTRO DOS CHEFS DE COZINHA

Com jacaré empanado no coco, jantar reúne chefs que liberam receitas práticas

Com requinte e impecável recepção feita por alunos da Associação Juliano Varela, o jantar em comemoração aos 25 anos da instituição foi repleto de emoção e pratos inéditos criados especialmente para a data

16/05/2019 08h35 - Por: Folha de Dourados

 
Foto Campo Grande NewsFoto Campo Grande News

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Com requinte e impecável recepção feita por alunos da Associação Juliano Varela, o jantar em comemoração aos 25 anos da instituição foi repleto de emoção e pratos inéditos criados especialmente para a data.

Com deliciosas entradas e pratos principais, o que mais chamou a atenção foi utilização de ingredientes típicos da culinária sul-mato-grossense. Um dos fundadores e membro da diretoria, Felipe Gregório Queiroz, de 56 anos, pediu bis do cardápio. "Para nós é uma alegria imensa essa reunião de chefs no evento. Somos gratos pela recepção e por todos que vieram. Eu provei quase todos os pratos e, realmente, eles têm o dom de Deus e está tudo excelente. Como já deu certo queremos continuar todos os anos", disse.

O evento realizado na Adepol marcou o primeiro encontro de Chefes de Mato Grosso do Sul e rendeu receitas que Lado B anotou algumas para vocês.

Além do tradicional macarrão de comitiva, um dos primeiros pratos a esgotar, a Chef Dedê Cesco juntou o pintado empado a uma salada de folhas e vinagrete de maracujá. "Com muitas folhas e pintado empanado, temos a abobrinha frita, vinagrete de maracujá, coração de alcachofra, legumes e tomate cereja. Para montar é tudo a gosto", frisou.

O chef de cozinha paulistano André Chowk, já conhecido pelo risotto de sobá, levou o tradicional caldo de mandioca com carne seca e lançou no evento a sobremesa "Mil folhas de mandioca com consomé de abacaxi".

Anote aí:

1 litro de leite de coco 1 lata e creme de leite 1 lata de leite condensado 100 gramas de coco ralado 1 kg de mandioca in natura fatiada da forma mais fina que conseguir

Modo de preparo: Misture todos os ingredientes e reserve. Para montar você deve cobrir a forma com as fatias de mandioca e despejar parte da mistura líquida de forma intercalada, como se fosse montar um pavê. Depois levo ao forno até dourar, cerca de 30 minutos. Para o consomé, você deve misturar em uma panela, o suco concentrado do abacaxi, com duas xícaras de açúcar e mexer até engrossar. Na hora de servir jogue em cima da porção. Simples, rápida e para qualquer comemoração ou evento.

Com uma junção gastronômica regional, o Chef Cleyton Danillo apresentou o "Segredos do Pantanal". Ele brinca que o nome foi dado por seu mestre, o Chef Laudir. "O prato envolve todos os itens da nossa comida tradicional, mas o nome foi nosso mestre (Laudir) quem deu", pontua.

Anote aí:

5 bananas da terra ½ kg de filé mignon cebola queijo requeijão farinha de mandioca manteiga ervas e castanhas

Modo de preparo: Você vai assar as bananas até a casca abrir e depois bater no liquidificador até obter uma massa homogênea. Numa panela coloque uma colher de manteiga, as bananas batidas, o requeijão e o queijo. Mexa e reserve. O filé mignon deve ser cortado em medalhão na espessura de 3 dedos. Com um pouco de manteiga e erva sele-o e deixe ao ponto. Para a farofa, use a criatividade com o que tiver em casa. Pode colocar bacon, calabresa, cebola, castanha e banana e, por fim, monte o prato. A receita serve duas pessoas.

Outro prato principal para lá de regional foi o "Jacaré empanado com coco" do Chef italiano Francesco Luigi. "O meu prato é uma parte não muito comum, que é a coxa. As pessoas tem costume de usar o rabo, eu estou usando uma parte não tão nobre e eu estou servindo com purê de banana da terra", pontua.

Anote aí:

500 gramas de coxas de jacaré 5 bananas e o restante dos ingredientes a gosto

Modo de preparo: Você vai temperar a coxa, empanar na farinha de trigo, ovo e na mistura de coco ralado e farinha Panko. Antes do processo de empanar, você precisa assar as coxas por 10 minutos, pois a carne contém osso e requer mais tempo de cocção para não ficar crua. Depois disso frita. Para o purê você precisará assar as bananas até a casca abrir, bater com açúcar mascavo, canela, requeijão e queijo. Prontinho e só montar o prato.

Em meio a tantos sabores e cores, o Chef Bruno Abreu apresentou o Risoteiro, que é um risotto de carne assada. O prato estava sendo feito na hora para quem quisesse aprender.

Anote aí:

Para a base: 1 kg de risoto 1 litro de vinho Para o fundo: água, salsão, alho poró, cenoura e cebola. Carne assada em tiras banana em cubos tomate cereja manteiga queijo parmesão

Modo de preparo: Com a água saborizada feita com os ingredientes para o fundo você vai cozinhar o risotto. Para finalizar você acrescentará a banana, a carne, manteiga, parmesão até dar o ponto cremoso. Para montar o prato é só enfeitar com flores comestíveis.

O chef Juliano Varela não poderia faltar. Ele estava no stand da Make Burguer servindo o Hot Down, criado por ele, em homenagem ao Dia Internacional da Síndrome de Down.

"Hoje eu estou apresentando o Hot Dog", disse Juliano. "Ele foi convidado para ser o chef do mês e junto ao chef Edu Rejala desenvolveu o Dog Down 2.0 que é pão de hot dog, salsicha frankfut empada, paleta suína defumada, cheddar maçaricado e molho barbecue", completou Evandro Caramalac, proprietário da Make Burguer. (Campo Grande News/Lado B)

 

Envie seu Comentário