Bastidores

Barbosinha 'lança' Murilo candidato a prefeito de Campo Grande

05/03/2020 09h08 - Por: Folha de Dourados

 
Bolsonaro e Murilo - Foto: FacebookBolsonaro e Murilo - Foto: Facebook

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

José Henrique Marques

Tá dito: "A propaganda é um fator econômico valioso porque ela é o meio mais barato de se vender bens, especialmente se os bens não valem nada." (Sinclair Lewis)

Condições – Líder absoluto nas pesquisas sobre a sucessão da prefeita Délia Razuk (PTB), o deputado estadual Marçal Filho (PSDB) não disse publicamente, mas mandou recado: topa a parada só se o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assumir compromisso de ajuda-lo a resolver todos os problemas de Dourados - difundidos diariamente em sua 94 FM, desde que a emissora entrou no ar há duas décadas. Ele sabe que se ficar quatro anos na Prefeitura e não arrumar a cidade sua carreira política será abreviada, pois passara recibo de incompetência. Além do apoio do governador, Marçal terá que torcer para que o eleito em 2022 ao Governo do Estado seja de seu campo político e dê sequência ao [reivindicado] trabalho de Azambuja.

Exportação – O deputado estadual Barbosinha (DEM) aventou na quarta-feira (04) a possibilidade do vice-governador Murilo Zauith (DEM) de ser candidato a prefeito de Campo Grande nas eleições de 4 de outubro. Ele deu essa declaração à imprensa no contexto de que seu partido não está fechado com a reeleição de Marquinho Trad (PSD). Barbosinha disse ainda que os Democratas têm ainda os nomes dos ministros Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e Tereza Cristina (Agricultura) para disputar a prefeitura da Capital.

Bolsonarismo - Por falar em Murilo, candidatura, eleições, onda, apoio... ontem (04) o vice-governador de MS publicou em sua página no Facebook, fotos ao lado do presidente Jair Bolsonaro clicadas durante evento em Brasília.

Candidata – A vereadora Daniella Hall (PSD) parece mesmo disposta a sacrificar uma reeleição aparentemente garantida para encarar a disputa pela Prefeitura de Dourados. Sua pré-candidatura tem aval da família Trad. É o jogo. Se lá na frente, ela e o partido optarem por uma coligação, a vereadora não terá perdido nada, ao contrário, contabilizará muita exposição midiática, e tentará novo mandato na Câmara.

Fogo amigo – Preposto democrata advoga com insistência que DEM e PSDB caminhem juntos na sucessão de Délia Razuk. A novidade, agora, é que com os tucanos na cabeça de chapa.

Vixe Maria – O comedido vereador petista Elias Ishy optou pelos seus pares na Câmara para externar sua pré-candidatura à Prefeitura de Dourados. Puxou e discutiu esse assunto com os vereadores Bebeto, Idenor Machado, Ramim entre outros. Em tempo: "Vixe Maria" era uma expressão humorada usada pelo saudoso jornalista Cesar Cordeiro para se referir ao vereador tido, por ele, como xiita.

 

Envie seu Comentário