Durante aula virtual

Profº de colégio em Niterói (RJ) é vítima de racismo

Se dirigindo ao docente, aluno escreveu em um chat as palavras 'gorila' e 'macaco'

02/07/2020 15h00 - Por: Folha de Dourados

Aluno escreveu ofensas racistas em aula virtual de colégio de Niterói - (Foto: Reprodução) Aluno escreveu ofensas racistas em aula virtual de colégio de Niterói - (Foto: Reprodução)

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Um professor de uma escola em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, foi alvo de racismo durante uma aula on-line. Um estudante de 12 anos, do 7º ano, usou o chat da plataforma digital para se xingar o docente de "macaco" e "gorila".

De acordo com informações do Colégio La Salle Abel, um dos mais tradicionais da cidade, essa seria a primeira vez que algo do tipo acontece na instituição. O crime ocorreu no último dia 18, por volta das 12h. O aluno usou a ferramenta de chat, utilizada para a comunicação entre estudantes e professores, para xingar o professor de história José Nilton da Silva Junior - chamado só de "Junior" na instituição.

Coordenador da área de Ciências Humanas da unidade, o docente relatou que não viu a mensagem durante a aula, apenas após os alunos levarem o caso para a direção da escola. Além dos xingamentos, o estudante teria feito sons de macacos no microfone, e utilizado um alterador de voz para não ser identificado.

Em nota, a escola repudiou a atitude do aluno, afirmando que a direção está ciente a respeito do caso e que está se solidarizando com o profissional.

"O Colégio La Salle Abel repudia, de forma veemente, toda e qualquer forma de preconceito. Esse comportamento execrável compõe de maneira indelével o racismo estrutural que funde a sociedade brasileira e, portanto, merece atenção redobrada, tendo em vista os crescentes casos dessa modalidade de preconceito no País", disse a nota.

O colégio ainda afirma que já tomou as medidas e segue investigando o caso. No entanto, não há informações se o aluno foi advertido, expulso ou suspenso da instituição.

(Redação/RedeTV!)

 

Envie seu Comentário