Mato Grosso do Sul

Polícia Militar Ambiental e técnicos do CRAS capturam cervo-do-pantanal na natureza para tratamento

23/06/2020 09h53 - Por: Folha de Dourados

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Policiais Militares Ambientais de Miranda receberam uma solicitação de ajuda de pessoas para verificar a situação de um cervo-do-pantanal que estaria extremante debilitado e pela sua fragilidade estava atraindo pessoas, que chegavam muito próximas para fotografar e filmá-lo, o qual em virtude de problemas de saúde não conseguia se afastar.

Uma equipe da PMA foi no dia (19) sexta-feira à propriedade rural à margem da rodovia MS 339, a 5 km da cidade e verificou que o animal estava desnutrido e com muita dificuldade de locomoção, possivelmente por ferimentos. Em discussões com técnicos do Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) resolveu-se montar uma operação para a captura do bicho para tratamento.

Durante todo o dia de ontem (22) equipes da PMA e do CRAS, em um trabalho de paciência para não estressar demais o cervo, realizaram a contenção, sedação e captura do bicho. Verificou-se um ferimento na região dos chifres e outro em uma das patas, cuja unha estava arrancada e ambos os ferimentos estavam muito infeccionados.

Os veterinários perceberam que os ferimentos eram graves e que não seria caso somente de tratá-los e soltar o cervo, devido à gravidade da infecção. O cervo-do-pantanal foi encaminhado ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) em Campo Grande e será tratado. Assim que estiver totalmente recuperado ele será devolvido ao seu habitat natural.

 

Envie seu Comentário