MMA

Chael Sonnen provoca Anderson Silva: ‘Eu destruí a mística dele’

Contra Spider, então campeão dos pesos-médios, Sonnen levou dois reveses com vitória do brasileiro.

 

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Chael Sonnen se tornou um dos lutadores de MMA mais desprezados pela torcida brasileira. Além de falar mal do país, o americano sempre desafiou grandes nomes do UFC, como Anderson Silva e Vitor Belfort.

Em entrevista à revista "Tatame", o atleta afirma que apesar das derrotas para Anderson Silva, ele acabou com a "mítica" em cima do ex-campeão, que voltará ao octógono em fevereiro, no UFC 234, contra Israel Adesanya, após cumprir suspensão por doping.

  • Em nossa primeira luta, eu destruí a mística dele. O que isso revelou foi o homenzinho que estava por trás da mística. Posteriormente, ele lidou com suas próprias parcelas de desafios. Esses desafios fizeram dele um homem melhor. Não tenho mais nada para ensiná-lo - disse.

Já sobre Belfort, que prometeu voltar a lutar em 2019 e falou mal de lutadores, entre eles Sonnen, o americano foi breve para rebater o "Phenom":

  • Ele é um senhor com um moicano. Comentários adicionais parecem supérfluos - rebateu.

Sobre a rivalidade com lutadores brasileiros, Sonnen disse que isso é coincidência. O norte-americano já lutou contra nomes como Anderson Silva, Wanderlei Silva, Maurício Shogun, entre outros.

  • O fato de eu ter rivalidades com lutadores e alguns deles serem brasileiros é mera coincidência. Existem muitos grandes lutadores no Brasil. Eu luto contra grandes lutadores. A porcentagem de idiotas que eu luto do Brasil não é diferente da porcentagem de idiotas que eu luto em geral, de todos os lugares. São cerca de 90% de idiotas - frisou. (Extra)
 

Envie seu Comentário