MS

VII Noite Cultural Especial da Semed reúne mais de 1.200 pessoas em Dourados

12/11/2018 14h52

VII Noite Cultural Especial da Semed reúne mais de 1.200 pessoas em Dourados

 
 

Com o tema "Cada um tem um Sonho e Cada Sonho é Único", a VII Noite Cultural Especial da Rede Municipal de Ensino realizada na quinta-feira (8) reuniu mais de 1.200 pessoas e encantou o público com as apresentações dos 280 alunos envolvidos, ocorridas no salão de eventos do Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran).

O evento organizado pela Prefeitura de Dourados através da Secretaria Municipal de Educação (Semed) com o objetivo de promover um espaço de inclusão com a reunião de alunos com e sem deficiência para apresentações culturais de canto, dança, dramatização, fruto da atuação do Núcleo de Educação Especial através das professoras de Atendimento Educacional Especializado nas escolas e Ceims superou expectativas.

Segundo a professora Wanda Regina Calabretta Staut, coordenadora do Núcleo de Educação Especial de Dourados, é fundamental agradecer a todos que tornaram o espetáculo possível. "Os professores de AEE, intérpretes, estagiários, professores apoio, diretores, coordenadores, a toda equipe das escolas, aos amados alunos, familiares que confiam os filhos ao nosso trabalho, a toda equipe Nuedesp, colegas da Semed, todos os colaboradores anônimos, à prefeita Délia Razuk e ao secretário de educação Upiran Jorge Gonçalves, que acreditam e confiam no nosso trabalho, fica o agradecimento", disse.

"Esta noite só acontece porque muitas pessoas se doam. Tem os que doam recursos financeiros, outros doam tempo, outros doam generosidade, outros suor, outros doam oportunidades", disse Wanda.

Conforme o secretário de Educação, "todas as pessoas têm o direito de receber uma educação de qualidade e que respeite a sua individualidade", e o encontro cultura da Educação especial mostra que Dourados está no caminho certo.

Foram 13 apresentações que envolveram 14 escolas e 3 Ceims, com alunos e professores. Atualmente, a rede municipal de ensino conta com 624 alunos com deficiência matriculados nas escolas e Ceims.

A coordenadora Wanda Staut, destacou que, pela sétima vez, a noite cultural proporcionou a realização do sonho de uma das professoras mais atuantes da educação especial em Dourados: Elza Pedrozo, falecida em 2011. Baseado em um texto do escritor Augusto Cury, que menciona a necessidade de buscar a realização dos sonhos de cada um, a apresentação da Noite Cultural Especial homenageou a professora.

"Há muito tempo a professora vislumbrava viver uma noite em que os alunos da educação especial pudessem ser protagonistas dos sonhos que têm. Uma noite onde deficiência não seria lembrada, nem percebida. Uma noite onde os sonhos pudessem ser materializados", menciona o texto publicado pelo Núcleo de Educação Especial da Semed em página de rede social.

 

Envie seu Comentário