MS

Ministro pede desculpas por dizer que brasileiros são canibais quando viajam

Vélez chegou a ser alvo de uma moção de repúdio por parte dos deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

18/02/2019 14h03 - Por: Folha de Dourados

 
O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodriguez. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, utilizou suas redes sociais para pedir desculpas por dizer que "o brasileiro viajando é um canibal". Vélez chegou a ser alvo de uma moção de repúdio por parte dos deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Ricardo Vélez deu entrevista à revista Veja onde disse que o brasileiro era ‘canibal’. "Rouba coisas dos hotéis, rouba o assento salva-vidas do avião; ele acha que sai de casa e pode carregar tudo. Esse é o tipo de coisa que tem de ser revertido na escola", afirmava o ministro.

Na semana passada, a ministra do STF (Supremo Tribunal Federal) Rosa Weber concedeu prazo de dez dias para que o ministro se manifestasse sobre estas declarações dadas. A solicitação foi motivada por uma interpelação judicial criminal protocolada na Corte por um advogado, que entendeu a fala como crime de calúnia.

Nesta segunda-feira (18), Ricardo Vélez utilizou seu Twitter para se retratar, ao mesmo tempo em que ataca a revista semanal. "A entrevista à revista Veja colocou palavras minhas fora de contexto. Peço desculpas a quem tiver se sentido ofendido".

(Midiamax)

 

Envie seu Comentário