Dourados

Vereador e Simted não devem pedir anulação de sessão polêmica

30/10/2017 17h54

Vereador e Simted não devem pedir anulação de sessão polêmica

Por: Folha de Dourados
 
 
Gleice Barbosa, presidente do Simted Gleice Barbosa, presidente do Simted

O vereador Elias Ishy (PT) e a diretoria do Simted avaliam ser remota a possibilidade da anulação da sessão extraordinária de quarta-feira, 25, quando por 13 a 6 a Câmara de Vereadores de Dourados alterou Lei que resultou em perda salarial ao Magistério. Por isso, admitem não recorrer à Justiça, embora ainda não há nada definido. Ocorre que mesmo com limite de 50 pessoas no plenário e segurança reforçada pela PM, manifestantes protestaram com instrumentos sonoros e atrapalharam o debate, ferindo, de acordo, com o vereador, o Regimento Interno e a Constituição Federal. A sessão foi suspensa duas vezes pela presidente Daniela Hall (PSD) na tentativa de conter os protestos para que os vereadores pudessem ser ouvidos na tribuna na Casa.



Envie seu Comentário