22/09/2018 16h59

IFMS divulga quais documentos são necessários para participar do processo seletivo

 

Com idade média de 14 anos, os candidatos do Exame de Seleção 2019 precisam providenciar dois documentos para participar do processo seletivo de ingresso nos cursos técnicos integrados ao ensino médio oferecidos gratuitamente pelo Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) em dez municípios.

Um dos documentos necessários é o Cadastro de Pessoa Física (CPF). Para se inscrever no processo seletivo, o estudante deve informar o número do CPF dele. É o que destaca o item 3.5 do edital de abertura do Exame de Seleção 2019.

A diretora de Educação Básica do IFMS, Gláucia Vasconcelos, lembra que muitos informam o CPF dos pais ou responsáveis na ficha de inscrição, o que está incorreto.

"A vaga é para o estudante, portanto é o CPF dele que deve ser informado, caso contrário haverá uma inconsistência no momento de se comprovar a documentação. Além disso, o uso do CPF de outra pessoa configura-se falsidade ideológica, por isso é tão importante que os candidatos fiquem atentos a essa questão", recomendou a diretora.

Outra situação que precisa ser observada é referente ao pagamento do boleto da taxa de inscrição, a chamada Guia de Recolhimento da União (GRU).

"Quando o pai ou responsável vai pagar esse boleto no caixa eletrônico do banco, ele deve digitar o número do CPF do estudante na máquina, e não o dele. Dessa forma, a inscrição será realmente efetivada em nome do candidato que irá fazer a prova", explica Gláucia.

Menores de 16 anos que não têm CPF podem solicitar o documento em qualquer agência da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil ou Correios. O interessado deve apresentar seu RG ou certidão de nascimento e estar acompanhado dos pais, tutores ou responsáveis, que também precisam ter os documentos pessoais em mãos.

Quem tem mais de 16 anos e já possui título de eleitor, pode solicitar o CPF na página da Receita Federal.

Carteira de Identidade - Outro documento que o candidato do Exame de Seleção 2019 precisa ter em seu nome é carteira de identidade, ou RG.

São duas as situações previstas no edital em que o estudante precisa apresentar o RG em seu nome, ou um documento de identificação oficial com foto. Uma delas é no dia da prova, que será aplicada no dia 25 de novembro nos dez municípios onde o IFMS tem campus (item 6.7 do edital).

São considerados documentos oficiais de identificação com foto carteiras expedidas pelos Comandos Militares, Secretarias de Segurança Pública, Institutos de Identificação, Corpos de Bombeiros Militares e órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos), além do passaporte, certificado de reservista, carteira funcional expedida por órgão público, carteira de trabalho e Carteira Nacional de Habilitação (CNH) com foto.

A outra etapa em que o estudante precisará apresentar a carteira de identidade é na matrícula, prevista para 14 a 17 de janeiro, no caso dos convocados em primeira chamada.

Os candidatos que ainda não tem o RG, devem agendar o atendimento nos Postos de Identificação na página da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp). A primeira emissão do documento é gratuita.

Exame de Seleção 2019 - O IFMS oferece 1.350 vagas em cursos técnicos integrados distribuídas nos municípios de Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã e Três Lagoas.

Os interessados podem optar entre nove opções de cursos: Agricultura, Agropecuária, Alimentos, Edificações, Eletrotécnica, Informática, Informática para Internet, Mecânica e Metalurgia.

O requisito é ter concluído o ensino fundamental até a data da matrícula no IFMS, prevista para janeiro de 2019.

No técnico integrado, o estudante cursa o ensino médio regular e a formação profissional e tecnológica escolhida ao mesmo tempo. Após se formar, o diploma possibilitará o ingresso na universidade ou no mundo de trabalho.

Inscrições - Devem ser feitas até 5 de novembro, pela Página do Candidato da Central de Seleção do IFMS, onde também está disponível o edital de abertura do Exame de Seleção 2019.

Para saber o passo a passo de como se inscrever assista o vídeo.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 25,00, e o pagamento poderá ser feito até 8 de novembro.

Candidatos de escola pública não pagam a taxa. O pedido de isenção deve ser feito até 19 de outubro, no ato da inscrição.

Ação Afirmativa - Metade das vagas oferecidas é reservada a candidatos que cursaram todas as séries do ensino fundamental na rede pública. Desse total, há cotas aos que comprovarem renda familiar bruta mensal per capita igual ou inferior a 1,5 salários mínimos, aos que se autodeclararem pretos, pardos e indígenas, e a pessoas com deficiência.

A opção de beneficiário de ação afirmativa (cotista) deverá ser informada no ato da inscrição. Para mais informações sobre o assunto, o candidato interessado deverá ler atentamente ao item 2 do edital.

Prova - Será aplicada no dia 25 de novembro, nos dez municípios onde o IFMS tem campus.

Os candidatos deverão responder 50 questões de múltipla escolha, sendo 20 de língua portuguesa, 20 de matemática e 10 de conhecimentos gerais, conforme o conteúdo programático.

O gabarito deverá ser divulgado no dia seguinte. A previsão é que resultado final e a primeira chamada sejam publicados no dia 19 de dezembro.

Todas as informações sobre o processo seletivo estão disponíveis na página do Exame.

Em caso de dúvidas, o contato com a Comissão do Exame de Seleção 2019 deve ser feito pelo e-mail processoseletivo@ifms.edu.br.

 

Envie seu Comentário

 

Notícias

Política
Esporte
Educação
Dourados
Estado&Região
Economia
Polícia
Geral
Meio Ambiente
Rural
Tecnologia
Brasil&Mundo
Cultura
Curiosidade
Entretenimento
Saúde
Turismo
Religião
Mídia
Ciências

Colunistas

Culturalmente Falando
Cleiton Zóia Münchow
Rebecca Loise
Antenado
Enfoque
Consciência Cósmica
Gastronomia
Informe Vet
Falando de Cinema
Aniversariantes
Salada Mista
Victor Teixeira
Waldir Guerra

+ Canais

Entrevistas
Charges
Vídeos
Eventos

Expediente

Sobre Nós
Anuncie
Trabalhe Conosco
Termos de Uso