19/10/2018 08h13

Tecnologia a serviço de uma sociedade em transformação

Por: Folha de Dourados
 
 
Cleusa Raquel de Paula Diniz Cleusa Raquel de Paula Diniz

Por Cleusa Raquel de Paula Diniz, Coordenadora de Tecnologia Educacional do Colégio Marista Arquidiocesano, de São Paulo

Hoje, é impossível desconsiderar as ideias propagadas pela Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável, apresentadas pela ONU em 2015, cujos objetivos são: erradicar a pobreza mundial, proteger o planeta nos aspectos mais variados, além de assegurar a paz e a prosperidade. Para alcançar esse patamar (desejado), alguns pontos foram estabelecidos e a educação de qualidade é um deles. A almejada educação deve ser inclusiva, igualitária e baseada nos princípios de Direitos Humanos e Desenvolvimento Sustentável.

Há colégios que associam efetivamente as diretrizes da Agenda 2030 às suas missões, ficando na formação em cidadania, na promoção da ética e da solidariedade, aspectos que auxiliam na transformação da sociedade.

Em termos práticos, uma escola que se compromete com propósitos defendidos por uma organização internacional propagadora da paz, como a ONU, não ignora a necessidade de dedicar-se à formação integral de crianças e de jovens com base em valores e na excelência acadêmica de uma proposta pedagógica. Sempre se preocupa com o empoderamento dos estudantes e se utiliza das tecnologias digitais da informação para ‘auxiliar’ a afirmação das crianças e dos jovens, sem esquecer valores, tais como solidariedade, espírito de família, simplicidade, presença, amor ao trabalho, interculturalidade e espiritualidade.

Surge no nosso cenário tecnológico um enorme desafio: como as escolas podem utilizar as tecnologias, desenvolvendo valores humanos, dando asas à criatividade e não substituindo pessoas?

A escola é uma instituição mobilizadora e produtora de conteúdo que tem sido impactada pela tecnologia. A sua utilização modifica a dinâmica da sala de aula e nos faz refletir sobre quais recursos tecnológicos devem ser utilizados para atingir os objetivos didáticos propostos.

Um ponto delicado sobre as tecnologias é que elas podem ‘prejudicar’ e ‘comprometer’ a capacidade de aprender e o rendimento dos estudos. Ledo engano. A inteligência artificial, a possibilidade de comunicar-se com pessoas de todo o planeta, de fazer simulações, de construir modelos e programá-los são alguns exemplos do grande potencial de aprendizagem que utilizam tecnologia.

Quando uma criança cria um programa, tem a oportunidade de acompanhar o próprio raciocínio e depurar os erros que podem surgir, ela está construindo seu processo aprendizagem. Nesse processo, o erro passa a ser considerado um passo para o acerto e não algo ruim. A criança cria empatia com as tecnologias, pois elas não ‘repreendem’, não julgam.

As tecnologias pressupõem cuidados extras, é claro. O acompanhamento do uso de tecnologia da comunicação e informação é fundamental, tanto por parte dos educadores, quanto por parte dos pais. Há colégios que realizam palestras com especialistas para orientar as famílias sobre os cuidados e sobre os riscos na utilização das redes sociais, que por se tratar de um canal específico no qual as relações não têm filtro, são movidas pela emoção e sem censura, tornando-se mais perigosas. Para tirar o melhor proveito das tecnologias, também é importante que os estudantes tomem o controle delas e que compreendam seu funcionamento.

Estimular o prazer de aprender, propor trabalhos práticos, promover a inter-relação com as diversas disciplinas, contextualizando os conteúdos, utilizar metodologias ativas para adquirir conhecimento e desenvolver habilidades como a PBL (Problem Based Learning), estimular a rapidez nas tomadas das decisões são apenas alguns dos itens que fazem parte do universo tecnológico que não integra o futuro, mas faz parte do nosso presente.

 

Envie seu Comentário

 

Notícias

Política
Esporte
Educação
Dourados
Estado&Região
Economia
Polícia
Geral
Meio Ambiente
Rural
Tecnologia
Brasil&Mundo
Cultura
Curiosidade
Entretenimento
Saúde
Turismo
Religião
Mídia
Ciências

Colunistas

Culturalmente Falando
Cleiton Zóia Münchow
Rebecca Loise
Antenado
Enfoque
Consciência Cósmica
Gastronomia
Informe Vet
Falando de Cinema
Aniversariantes
Salada Mista
Victor Teixeira
Waldir Guerra

+ Canais

Entrevistas
Charges
Vídeos
Eventos

Expediente

Sobre Nós
Anuncie
Trabalhe Conosco
Termos de Uso