Tá dito: “No dia em que você sentir que o mundo inteiro é sua casa, que o céu é seu teto, que a terra é seu piso e que cada árvore é seu jardim, então você estará realmente em casa” (Sri Sri Ravi Shankar)

José Henrique Marques      

Sujou – Foi precipitada a publicação do edital de roçada de terrenos baldios. A Prefeitura de Dourados poderia ter esperado um pouco – até resolver a licitação de limpeza urbana. Não tem sentido cobrar dos cidadãos aquilo que ela não faz, apesar de arrecadar.

Sujo 2 – Sobre o edital, uma leitora da Folha desabafou: “Estão notificando terrenos que estão limpos, parece que jogaram linear para todos os contribuintes – aos tontos (nós no caso) precisamos tirar foto e protocolar recurso na prefeitura para provar que o terreno está limpo”.

Sartori – Enquanto Dourados continua com o caos na saúde, maltratada, suja, abandonada, o secretário de Governo de Dourados, Henrique Sartori, ainda não conseguiu retornar de suas férias nos Estados Unidos. É um dos prejudicados com os cancelamentos de voos por causa da cepa ômicron, da Covid-19, mas já estaria a caminho. As soluções das mazelas da cidade passam pela pasta dele.

FM – Finalmente os herdeiros de Antonio Tonanni conseguiram negociar o quarteirão nos altos da avenida Presidente Vargas, onde está instalada a 92 FM. Lá, uma incorporadora imobiliária erguerá duas torres e é para já. Um negócio de mais de dezena de milhões de reais.

FM 2 – A pressa agora é instalar a torre num terreno em L, na mesma Presidente Vargas, perto da Cordil. Mas surgiu um imbróglio: há uma rua ocupada indevidamente que ligaria o início do BNH 3º Plano à avenida…

Único – O ex-prefeito de Mundo Novo, Humberto Amaducci, irá retirar a pré-candidatura ao Governo do Estado. Lula e a presidenta nacional do PT, Gleice Hoffmann, fecharam questão: Em Mato Grosso do Sul, candidatura própria somente com Zeca do PT e fim de papo.

Jeitinho Pelo visto, se a legislação autorizasse o prefeito Alan Guedes pegaria “Carona” em ata de registro de preços de pregões eletrônicos para licitar a limpeza urbana. Afinal, está utilizando esse expediente para comprar quase tudo, a exemplo dos kits robôs de Alagoas (clique e leia). Já torrou mais de R$ 18 milhões nessa modalidade licitatória. O procedimento é legal, mas…

Sujeira, o voo de Sartori, rua ocupada, Zeca ou ninguém e caronas de R$ 18 milhões
Comentários do Facebook