Desde 1968 - Ano 54

28.9 C
Dourados

Desde 1968 - Ano 55

InícioPolíticaRacib Harb diz que direita de Dourados é dispersa e coloca nome...

Racib Harb diz que direita de Dourados é dispersa e coloca nome à disposição

- Advertisement -

Racib Harb anuncia sua saída do Democracia Cristã, fala em uma direita dispersa e se coloca à disposição da política de Dourados

Mariana Rocha (*) –

Um nome que se consolidou nas últimas eleições foi o do comerciante, farmacêutico e bioquímico Racib Harb, que angariou 11.410 votos na campanha municipal de 2020, ficando em terceiro lugar na disputa para a prefeitura de Dourados. Mesmo não saindo vitorioso, Racib seguiu fortalecido, preocupado com a direita em Dourados que, segundo ele, “ainda está muito dispersa”.

Racib Harb, que é filho do seu Afif e da dona Irene, irmão da Solange e pai do Matheus, tem participado dos pleitos eleitorais em Dourados há alguns anos e em entrevista a Folha de Dourados falou sobre a grande polêmica envolvendo a reforma da  Câmara de Vereadores, comentou que não se prende a vaidades, que a direita precisa chegar nas camadas mais populares  e que sente falta de vozes combativas e fiscalizadoras pelo povo dentro da casa legislativa de Dourados.

Em 2023, Racib Harb, enquanto cidadão, cumpriu um importante papel de fiscalizador ao fazer uma denúncia sobre supostos indícios de conluio entre empresas e uso de CNPJs diferentes na licitação da reforma da Câmara de Dourados. A denúncia de Racib Harb deu margem ao cancelamento do contrato e ao pedido do MPE-MS (Ministério Público Estadual) de ressarcimento de R$ 604.431,60 aos cofres públicos pela Projetando Construtora & Incorporadora Eireli, que fraudou a licitação realizada pela Câmara de Dourados.

Racib Harb diz que direita de Dourados é dispersa e coloca nome à disposição
O empresário e farmacêutico, Racib Harb

“Temos um elefante branco dentro da cidade, eu tive a coragem de denunciar ao MP e desde então as irregularidades começaram a vir à tona, depois do cancelamento da primeira licitação, agora, em 6 de fevereiro, uma nova licitação será lançada, desta vez, pelo absurdo montante de 19 milhões, eu fico indignado com a insistência no erro, a sociedade douradense não pode aceitar uma obra com cara de nova construção, será preciso diferenciar a parte da reforma da parte que será uma construção. Precisamos de uma Câmara de Vereadores onde as pessoas possam estacionar, uma câmara que caiba muita gente, uma verdadeira casa do povo. É de se espantar que a presidência não tenha convocado uma audiência pública e pior, tenha deixado o processo licitatório chegar à situação tão temerária.” afirmou Racib.

Crítico da gestão Alan Guedes, Racib lembrou que alguns assuntos  precisam ser explorados na memória do Douradense e questionados pelos cidadãos da cidade, como, por exemplo, a taxa de lixo, calculada sob o m² e que também é cobrada de donos de terrenos baldios, “eu sempre fui contra e me pergunto o porquê, depois de tanta polêmica, agora, a prefeitura vai subsidiar boa parte da taxa durante 2024 , coincidentemente, um ano eleitoral e último do mandato de Alan Guedes?”

Anunciando a saída da presidência do  Democracia Cristã em razão de questões financeiras, Racib dialoga agora com outros partidos de direita e afirma que seu nome vai estar nas eleições de 2024. Recentemente ele fez a processo seletivo do partido NOVO, com quem já mantém um bom dialogo há um tempo.

“Vou estar no pleito, não tenho dúvidas, mas não será, necessariamente, para disputar a prefeitura”

Por fim, ao perguntarmos sobre o futuro de Racib em 2024 ele afirmou “não tenho vaidades, aliás, elas nunca levam ninguém a lugar algum. Vou estar no pleito, não tenho dúvidas, mas não será, necessariamente, para disputar a prefeitura, até porque, mais do que nunca, será preciso uma boa composição na Câmara de Dourados, nomes que estejam ali pelo povo e não pelo prefeito, se tivéssemos mais vereadores combativos, talvez, a reforma da Câmara não tinha saído e a decisão poderia ter sido tomada de maneira coletiva com a população.”

(*) Jornalista da Folha de Dourados, graduada pela UFRJ, escritora, consultora de campanhas políticas e institucionais, roteirista de conteúdo para redes sociais e comunidades digitais. Fundadora da Anexa Consultorias, foi gestora de Políticas Públicas para Mulheres do município de Dourados.

- Advertisement -

MAIS LIDAS

- Advertisement -
- Advertisement -