fbpx

Desde 1968 - Ano 56

19.7 C
Dourados

Desde 1968 - Ano 56

InícioPolíticaVereador de Dourados pode ser cassado por fala preconceituosa contra governador gaúcho

Vereador de Dourados pode ser cassado por fala preconceituosa contra governador gaúcho

- Advertisement -

O discurso com tom preconceituoso do vereador Sergio Nogueira (PP), proferido na segunda-feira (13), na tribuna da Câmara Municipal de Dourados, repercute bastante nas redes sociais, nos aplicativos de mensagens e entre lideranças de esquerda.

O parlamentar pode ser alvo de investigação em seu partido, como já declarou o presidente da legenda, Eudélio Mendonça, e da Câmara Municipal, caso seja denunciado.

Na semana dedicada ao combate contra a LGBTfobia, Sergio Nogueira afirmou que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) estaria mais preocupado com seu “primeiro-damo” do que com os afetados.

“Grande governador, o senhor não receberá um Pix meu. Posso mandar para os gaúchos sérios, mas para o senhor não. O senhor está preocupado com o seu primeiro damo”, declarou Nogueira, no plenário da Câmara, onde as sessões são gravadas, ao afirmar que não enviaria Pix para a “vaquinha solidária” do Rio Grande do Sul para auxiliar a população afetada pelas enchentes.

Em nota, a Câmara informa que “ainda não recebeu nenhuma representação sobre o caso. Mas a situação pode ser apurada internamente em caso de representação. O Código de Ética prevê sanções que vão de uma simples advertência até a cassação do mandato”.

À imprensa, o vereador Sérgio Nogueira negou ser homofóbico e afirmou que “todo mundo tem o direito de ter sua ‘opção sexual’.  Cada um tem o direito de ter sua opção sexual e eu respeito a todos”, disse.

Ainda conforme ele, seu discurso visava apenas abordar a situação política, as vítimas e as vidas perdidas no Rio Grande do Sul, sem intenção homofóbica.

- Advertisement -

ENQUETE

MAIS LIDAS

- Advertisement -
- Advertisement -