28/02/2020 09h55 – Por: Folha de Dourados

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

A Pró-reitoria de Desenvolvimento Humano e Social (PRODHS), da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), convida a todos os alunos (calouros e veteranos) e servidores a participar do Trote Solidário, um incentivo a doação de sangue e ao cadastro de medula óssea.

A Universidade disponibilizará um micro-ônibus para levar os acadêmicos e servidores até o Hemocentro Regional de Dourados para a doação de sangue.

Doação de sangue

Dia: 10/03/2020

Local: Hemocentro Regional de Dourados/MS

Micro-ônibus: Saída as 08h do Bloco A- UEMS/Dourados (Vagas Limitadas)

Cadastro de Medula Óssea

Dia: 11/03/2020

Local Bloco E – UEMS/Dourados

Hora: 08h às 12h

Tomar café normalmente e levar um documento oficial com foto.

Quer participar deste ato de amor e solidariedade?

Inscreva-se por meio do link:https://docs.google.com/forms/d/14kT4Fy9YAzmN8YoHFla7PAd6LxN61xNGpJM7Ly2kKJQ/edit

Orientações

Para ser doador de sangue é preciso ter entre 16 e 68 anos, pesar mais de 55 quilos e estar com boa saúde. Menores de 18 anos só podem doar com autorização dos pais ou responsável legal. Estar bem alimentado e portar documento oficial de identidade com foto são requisitos imprescindíveis para quem decide fazer a doação.

Doar sangue é um ato simples, tranquilo e seguro, que não provoca risco ou prejuízo à saúde. Além disso, a doação é voluntária, anônima e não remunerada. Todo o processo de doação é seguro, indolor e dura cerca de 40 minutos.

Diga NÃO ao Trote

A prática do trote é proibida em Mato Grosso do Sul pela Lei nº 2.929/2004, que proíbe a prática nas Universidades, Faculdades e outros estabelecimentos de Ensino quando realizado sob coação, agressão física, moral ou qualquer outro meio que possa constranger ou colocar em risco a saúde, a integridade física ou a violação da dignidade humana ou expor a situações vexatórias. A Lei também considera como constrangimento à população a prática de pedágios em via pública.

O acadêmico que se sentir lesado, humilhado, desconfortável ou presenciar alguma situação em que algum acadêmico esteja passando por uma situação constrangedora pode procurar a autoridade mais próxima, como Coordenação do curso, Gerência da Unidade ou a Ouvidoria.

Ouvidoria

A UEMS conta com um canal integrado para encaminhamento de manifestações (denúncias, reclamações, solicitações, sugestões e elogios) na internet. A comunidade pode fazer as manifestação pelo e-OUV (http://www.ouvidorias.ms.gov.br), que funciona 24 horas, ou entrar em contato pelo telefone: 3902-1833, das 07h30 às 16h30; ou pelo e-mail: [email protected]; ou ainda, pessoalmente, na sala da Assessoria de Controladoria, que fica localizada no piso superior do Bloco A, na Unidade de Dourados. (http://www.uems.br/)

Trote solidário: UEMS incentiva doação de sangue e cadastro de medula óssea

Comentários do Facebook