Ontem (24), três travestis foram presas acusadas de agredir motorista de aplicativo e destruir o veículo dele, um GM/Onix. Elas também levaram celular, carteira e bolsa de dinheiro do proprietário.

Aos policiais, a vítima, de 38 anos, relatou que iniciou corrida próximo da UFMS, em Campo Grande, e na Avenida Duque de Caxias começou a ser agredido durante a madrugada. Uma das envolvidas deu um mata-leão enquanto as outras saíram de dentro do carro e subiram no veículo.

Ainda de acordo com ele, mesmo tentando se defender, ele foi chutado e toda a destruição só parou quando outros motoristas começaram a parar para verificar o que estava havendo. Para-brisa, capô, portas e vidros do Onix foram quebrados.

Em rondas na região, a Polícia Militar encontrou as trës, de 18, 20 e 27 anos. Questionadas sobre seus nomes sociais, as envolvidas não quiseram se identificar e foram encaminhadas para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário – Centro.

Comentários do Facebook