O duelo desta segunda-feira (04.01) no ginásio Hélio Maurício, no Rio de Janeiro (RJ) vale o quarto lugar da Superliga Banco do Brasil feminina 20/21. Sesc RJ Flamengo (RJ) e Sesi Bauru Vôlei (SP) fazem confronto direto em partida adiada da oitava rodada, às 19h, com transmissão do SporTV 2.

As duas equipes estão empatadas com 20 pontos, mas o time carioca leva vantagem nos critérios de desempate e ocupa a quarta colocação no momento. Além disso, o Sesc RJ Flamengo tem nove partidas disputadas, e o Sesi Vôlei Bauru jogou dez vezes.

“É um jogo muito importante para a gente. São duas equipes fortes, a gente segue buscando uma consistência, se fortalecendo como equipe e encontrando nosso melhor jogo coletivo. Elas têm jogadoras experientes, atacantes de força, é um time que também está em busca das primeiras posições. Mas o foco tem que ser em nós. Fazer o nosso melhor, errar pouco, sacar bem para tentar tirar as bolas de velocidade e sermos efetivas nos contra ataques. Tenho certeza de que será um grande jogo e espero que consigamos fazer nosso melhor e, se Deus quiser, uma melhor colocação na tabela”, disse a oposto rubro-negra Lorenne.

Os treinadores das duas equipes são velhos conhecidos. Por mais de dez anos, Rubinho – que comanda o Sesi Vôlei Bauru – foi assistente técnico de Bernardinho – técnico do Sesc RJ Flamengo – na seleção brasileira masculina de voleibol. Para o treinador da equipe de Bauru (SP), o momento é de corrigir os erros da derrota contra o Dentil/Praia Clube na última terça-feira e buscar regularidade na Superliga.

“Contra o Dentil/Praia Clube, perdemos, principalmente, pelo número de erros. Cedemos muitos pontos para elas em sequência e, em jogos com adversários deste nível, isso não pode acontecer. Não conseguimos manter a regularidade no desempenho ao longo daquela partida e temos de corrigir isso para enfrentarmos outro time de excelente qualidade como o Sesc RJ Flamengo. Elas, assim como nós, tiveram problemas com o coronavírus e demoraram um certo tempo para voltar à estabilidade. Isso é um processo e temos de analisar essa nossa falta de linearidade e corrigirmos olhando para frente. O campeonato é longo e temos de construir essa evolução”, destacou Rubinho, técnico do Sesi Vôlei Bauru.

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL 20/21 

Oitava rodada do turno  

04.12 (SEXTA-FEIRA) – Brasília Vôlei (DF) 1 x 3 São Paulo/Barueri (SP), às 17h, no Sesi Taguatinga, em Taguatinga (DF) – (23/25, 25/21, 25/13 e 25/18)

05.12 (SÁBADO) – São Caetano (SP) 1×3 Fluminense (RJ), às 17h, no Lauro Gomes, em São Caetano do Sul (SP) – (18/25, 23/25, 25/22 e 17/25)  

05.12 (SÁBADO) – São José dos Pinhais/Aiel (PR) 0x3 Itambé/Minas (MG), às 19h, no Ney Braga, São José dos Pinhais (PR) – (23/25, 20/25 e 20/25)

05.12 (SÁBADO) – Pinheiros (SP) 1×3 Curitiba Vôlei (PR), às 21h30, no Henrique Villaboim, em São Paulo (SP) – (21/25, 18/25, 25/23 e 25/27)

16.12 (QUARTA-FEIRA) – Dentil/Praia Clube (MG) 2×3 Osasco São Cristóvão Saúde (SP), às 19h, na Arena Praia, em Uberlândia (MG) (21/25, 28/26, 21/25, 25/16 e 15/17)

04.01 (SEGUNDA-FEIRA) – Sesc RJ Flamengo (RJ) x Sesi Vôlei Bauru (SP), às 19h, no ginásio Hélio Maurício, no Rio de Janeiro (RJ) – SporTV 2

Comentários do Facebook