Teve início nesta terça-feira (10) a retirada de ingressos para o show “Ana Cañas Canta Belchior”, que a Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) realizará em 26 de maio, às 20h, no Auditório Central da Unidade 2 (Rodovia Dourados Itahum, Km 12, Cidade Universitária). A entrada é gratuita, o ingresso é retirado no aplicativo Sympla (um por pessoa) e são limitados para manter as medidas de biossegurança contra covid-19. 

O evento tem patrocínio do Sicredi Centro-Sul MS e contempla a comunidade surda por contar com interpretação simultânea em Libras (Língua Brasileira de Sinais), com os voluntários Felipe Sampaio, Adriana Silva e Laryssa Durigon. 

Ana Cañas é cantora e compositora paulista de 41 anos e esse show tem o mesmo nome do sexto álbum de estúdio e primeiro dela exclusivamente como intérprete, fazendo um tributo ao compositor cearense Belchior. Antônio Carlos Belchior (1946-2017) foi um dos primeiros cantores de MPB do nordeste brasileiro a fazer sucesso internacional, em meados da década de 1970. Entre os seus grandes sucessos estão “Apenas um Rapaz Latino-Americano”, “Como Nossos Pais”, “Sujeito de Sorte”, “Coração Selvagem”, “Paralelas”, “Hora do Almoço” e “Divina Comédia Humana”.

De acordo com o site oficial da cantora, a homenagem nasceu a partir de uma live feita durante a pandemia de covid-19 e, o que era para ser um evento único, acabou se tornando um dos maiores mergulhos artísticos da carreira da artista.

A repercussão do público sobre a interpretação de Ana Cañas, aliada ao mergulho profundo que ela fez na obra de Belchior, foram fundamentais para que a iniciativa seguisse e se tornasse o novo trabalho da artista.

Organizado pela Coordenadoria de Cultura da Pró-reitoria de Extensão e Cultura da UFGD, o objetivo da iniciativa é celebrar a retomada das atividades presenciais na universidade, principalmente na área da extensão e cultura. Entre as medidas de biossegurança  necessárias para o evento estarão o uso de máscara de proteção, álcool em gel e apresentação da carteira de vacinação com as doses de imunização contra a covid-19. Além disso, o Auditório Central não pode estar com lotação máxima.

SOBRE A CANTORA

Ana Cañas estreou no mercado fonográfico em 2007 com o álbum “Amor e Caos”. Em 2009 lançou seu segundo álbum, “Hein?”, que traz as primeiras parceiras com Arnaldo Antunes e também a balada “Esconderijo”. No mesmo ano, gravou com Nando Reis a música “Pra Você Guardei o Amor” – dueto que se tornou um grande sucesso nacional.

Em 2012, Ana lançou o álbum “Volta”, que apresenta uma versão para “Rock And Roll” do Led Zeppelin e as autorais “Será que Você Me Ama?” e “Urubu Rei”. O disco transformou-se, posteriormente, no show e DVD “Coração Inevitável” e contou com a direção e iluminação de Ney Matogrosso.

Em 2015 lançou “Tô Na Vida”, o quarto álbum de estúdio e o primeiro totalmente autoral. Dois anos depois, em 2017, Ana lançou o single “Respeita” – música que aborda diretamente a violência de gênero e o assédio. A música ganhou clipe que conta com a participação de 86 mulheres que estão na linha de frente da resistência feminista do país, como Elza Soares e Maria da Penha.

Em 2018 Ana Cañas lançou o quinto disco de estúdio, “Todxs”. Empoderado, feminista, com beats eletrônicos pesados e grooves sensuais, o álbum foi indicado ao Grammy Latino 2019 como Melhor Álbum de Pop Contemporâneo.

Atualmente a artista está lançando o sexto álbum, “Ana Cañas Canta Belchior”, produzido pela própria Ana Cañas em parceria com Fabá Jimenez. Além das 14 faixas disponíveis em todas as plataformas de streaming, o projeto também ganhou um álbum visual no YouTube, com vídeos inéditos e cenas dos bastidores das gravações.

Confira o álbum visual de Ana Cañas Canta Belchior no YouTube em: https://www.youtube.com/playlist?list=PLwJ7lWgVit18_VlLp19DLnhq7lvXVJOIY
Aplicativo Sympla: https://www.sympla.com.br/evento/ana-canas-canta-belchior/1569453

Comentários do Facebook