Um homem de 62 anos, residente em Três Lagoas, responderá por crime ambiental de pesca predatória, com pena prevista de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e multado em R$ 1.500,00.

Tudo isso porque policiais militares ambientais daquele mesmo município realizavam fiscalização fluvial no rio Sucuriú e o flagraram pescando durante o período de defeso. 

Ele iniciava a pescaria e havia capturado apenas um peixe da espécie tucunaré, que estava vivo e foi solto. Com ele, foram apreendidos um molinete com vara, um barco e um motor de popa. (DouradosNews)

Comentários do Facebook