Pastor Elisamar Miranda Joaquim foi preso após ser apontado como chefe do tráfico de uma comunidade em Belford Roxo
Pastor Elisamar Miranda Joaquim foi preso após ser apontado como chefe do tráfico de uma comunidade em Belford Roxo Foto: Reprodução / TV Globo

Extra

Uma operação da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) com o Ministério Público do Rio de Janeiro contra o tráfico de drogas prendeu um pastor candidato a vereador, na manhã desta quinta-feira, dia 29, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Elisamar Miranda Joaquim é apontado como chefe do Complexo do Roseiral e concorria ao cargo público nas eleições municipais de 2020 pelo PDT. Na operação batizada de “Itália”, dez mandados de prisão preventiva e 61 mandados de busca e apreensão são cumpridos pelos agentes que seguem nas ruas. Até o momento, três pessoas já foram presas.

A decisão foi proferida pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Belford Roxo. Ao todo foram indiciados e denunciados 24 pessoas pelos crimes de associação para o tráfico de drogas e constituição de milícia privada, contra os quais foram expedidos mandados de busca e apreensão. A operação é em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do MPRJ.

Comentários do Facebook