Uma pessoa sem limite algum para viver entrou para o “No limite”. Assim Dayane Sena contou a parentes e amigos que tinha aceitado disputar a nova temporada do reality, que estreia amanhã. Nascida e criada em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, Day tem 26 anos, é professora e mãe solo de Geovana, de 5. Com sangue nos olhos para enfrentar as provas e chegar à final do programa, a participante encarou o primeiro grande desafio (e com nó na garganta) na hora de sair de casa rumo às gravações. Muito agarrada à filha, ela sofreu na despedida.

— No início (logo que Day viajou) foi difícil porque Geovana chamava pela mãe toda hora, dizendo que estava com saudade. Dayane conversou com ela antes de ir e disse: “Mamãe vai trabalhar, ganhar dinheiro para a gente poder passear, ir para o Beto Carreiro, para Disney”, que são coisas que minha neta sonha. Geovana é esperta, agarrou na perna da mãe sem querer deixar ela sair e sentiu que não era um trabalho comum. Tinha algo a mais ali. Dayane, já querendo chorar, ficou com o coração como? Na boca, né? — conta Márcia Sena, mãe da participante: — Nessa hora, eu falei: “Minha filha, vai com Deus. Ela vai ficar bem, vou cuidar dela. Toda vez que a coisa apertar lá, você pensa por que e por quem aceitou”.

Dayane Sena é carioca de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, tem 26 anos e é professora

(Extra)

Comentários do Facebook