A partir de quinta-feira (18), a Câmara Municipal de Dourados adota o modelo híbrido de trabalho, ou seja, presencial e online. Todos os departamentos e gabinetes trabalharão com escala de funcionários.

A medida visa diminuir o fluxo de pessoas na Casa de Leis e, assim, evitar contaminações pela Covid-19, que, em Dourados, tem apresentado crescimento significativo.

Para se ter ideia, nesta quarta, boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde informou que mais 89 pessoas testaram positivo para o Novo Coronavírus, totalizando 22.203 contaminados.

Na segunda-feira (15), a Câmara Municipal já havia publicado outras normas mais restritivas como expediente em horários diferenciados, e determinou que os servidores do chamado ‘grupo de risco’ passem a executar suas funções em home-office. Para isso, deve ser apresentado um laudo médico ao departamento de Recursos Humanos.

O Legislativo também restringiu o acesso ao público. As sessões ordinárias, extraordinárias e os eventos promovidos pela Casa estão limitadas a 30 pessoas. Cada vereador pode autorizar a presença de apenas um assessor – até então, eram três.

Por fim, ficou determinado que a entrada do público será exclusiva pelo acesso da avenida Marcelino Pires.

Comentários do Facebook