Dourados

Coronavírus já interfere no processo sucessório da prefeita Délia Razuk

13/03/2020 08h26 - Por: Folha de Dourados

 
Ricardo AyacheRicardo Ayache

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

José Henrique Marques

A pandemia do novo coronavírus que está abalando a economia mundial e assustando a humanidade já provoca reflexos em Dourados. Não, ainda não há caso confirmado por aqui, mas o temor pela doença e a responsabilidade que o problema exige estão interferindo nas articulações políticas visando as eleições municipais de 4 de outubro. Ontem (12), o PSB cancelou um encontro regional com pré-candidatos. O presidente regional, Ricardo Ayache, e o municipal, Maurício Lemes, usaram as redes sociais para fazer o comunicado. Ayache, que também preside a Cassems, inclusive, postergou ainda o lançamento do novo e maior hospital da entidade que seria nesta sexta-feira, em Dourados. Em outra frente, o advogado José Tibiriça Martins Ferreira postou em sua página no Facebook: "A sucessão na prefeitura de Dourados e no legislativo. Com o surgimento do coronavírus um pré-candidato a prefeito comentou numa reunião de amigos que vai aguardar o seu desmembramento. Ele ficou preocupado com o que aconteceu na sexta-feira passada no aniversário de um amigo. Ele estava resfriado e depois de ter falado por cinco minutos começou a tossir. O pessoal começou a se levantar e ir embora, só permaneceu o pessoal da casa. Ele indagou ao anfitrião do ocorrido, este aconselhou-o que adiasse os contatos com a população. A notícia se espalhou e muita gente telefonou a ele que ficasse em quarentena até depois da eleição. Moral da história: a população ficou muito assustada com o vírus que o candidato parecia estar acometido. Agora os demais candidatos devem providenciar luvas e máscaras para suas reuniões. O bicho está pegando e aconselha-se a evitar reuniões de políticos".

 

Envie seu Comentário