MS

Policial municipal é preso com arma após atirar em frente à conveniência

O servidor participava de uma festa de confraternização de ex-militares do Exército Brasileiro e foi até o local para comprar cerveja

17/02/2019 09h22 - Por: Folha de Dourados

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Um policial municipal foi preso na noite deste sábado (16) depois de atirar para cima em frente a uma conveniência no Bairro Oliveira, em Campo Grande. Identificado como Oscar Martimiano Gomes, de 45 anos, o servidor foi flagrado com um revólver calibre 38, com oito munições, sem registro.

De acordo com o boletim de ocorrência, o policial municipal participava de uma festa de confraternização de ex-militares do Exército Brasileiro e foi até a conveniência com um dos colegas para comprar cerveja. Em frente ao estabelecimento sacou a arma e fez três disparos para cima.

Moradores que presenciaram o crime avisaram equipes do Batalhão de Choque que faziam rondas pela região e detalharam que o autor dos tiros estava em uma caminhonete Mitsubishi L200. O veículo foi encontrado pouco depois, estacionado em frente a uma casa da Rua Antônio João Escobar, onde acontecia a confraternização dos ex-militares.

Em buscas pelo local, os militares encontraram em um cômodo nos fundos da residência, escondida debaixo de uma pia de mármore, o revólver calibre 38, com cinco munições. Diante do flagrante, o policial municipal afirmou que a arma era sua e se identificou como o autor dos disparos.

Contou ainda que era o passageiro da caminhonete, que após os tiros jogou os cartuchos deflagrados em frente ao posto de saúde do Bairro Oliveira e também na rua e voltou para a festa. Ainda conforme o registro policial, Oscar Martimiano estava visivelmente embriagado e não tinha os documentos de porte e posse da arma.

O caso foi registrado como porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e disparo de arma de fogo na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga. (Campo Grande News)

 

Envie seu Comentário