PSDB

Sergio de Paula descarta candidatura de Geraldo ao Senado

12/06/2018 07h42

Sergio de Paula descarta candidatura de Geraldo ao Senado

Por: Folha de Dourados
 
 
Geraldo e MuriloGeraldo e Murilo

A combalida candidatura do deputado federal Geraldo Resende ao Senado Federal sofreu mais um revés público com a declaração do ex-secretário de Estado da Casa Civil e tesoureiro do Diretório Regional do PSDB, Sergio de Paula. Ele afirmou à imprensa da Capital que a primeira vaga é do ex-secretário estadual de Obras Marcelo Miglioli. "É o nosso pré-candidato com toda legitimidade".

Sérgio de Paula é homem de estrita confiança de Reinaldo Azambuja e, nas entrelinhas, fala por ele. Como a segunda vaga será destinada a um partido que se aliará ao PSDB no projeto de reeleger o governador as chances de Resende parecem hoje nulas, apesar de que a decisão caberá ao conjunto do Diretório Regional, onde, porém, Reinaldo é majoritário.

"Marcelo hoje é uma pessoa que tem uma grandeza dentro do nosso partido, e uma musculatura muito forte no nosso governo. Secretaria de Obras é a maior secretaria do Estado", disse lembrando que Miglioli coordenou as campanhas passadas do PSDB. "Então a gente olha pra ele com bons olhos" para ocupar a primeira vaga.

A Geraldo Resende, segundo declarações de Sergio de Paula, restaria brigar pela segunda vaga, mas com remotas possibilidades. Ele reforçou que a escolha da segunda vaga não é prioridade do partido. "Nenhum ser humano anda sem cabeça. Nós temos que cuidar primeiro da candidatura do nosso governador".

Hoje a segunda vaga seria do ex-prefeito de Campo Grande Nelsinho Trad (PTB) ou do ex-prefeito de Dourados Murilo Zauith (DEM). Se Nelsinho topar, Murilo deve ser o candidato a vice-governador, expectativa de cargo que já exerceu com André Puccinelli (MDB).

Nesse cenário restará a Geraldo Resende recuar, mas negociar estrutura de campanha [como em outras ocasiões] para a tentativa da quarta reeleição.

 

Envie seu Comentário