Dourados

Matrículas na Rede Municipal podem ser feitas até dia 13 em Dourados

08/01/2019 12h50

Matrículas na Rede Municipal podem ser feitas até dia 13 em Dourados

Por: Folha de Dourados
 
 
 Foto: A. Frota
Foto: A. Frota

Segue até o próximo domingo (13) o prazo para pais ou responsáveis realizarem a matrícula, via internet, das crianças nas escolas e centros de educação infantil da Rede Municipal de Ensino de Dourados. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, dará início à designação no dia 21 de janeiro. As rematrículas e solicitações de transferência escolar ocorrem nas próprias unidades de ensino e quem ainda necessitar fazê-las deve observar a agenda.

Curta nossa página no Facebook

O endereço eletrônico para a matrícula digital é o www.dourados.ms.gov.br, na aba "Cidadão", menu "Matrícula Digital 2019".

Será necessário informar os dados pessoais do aluno, dados pessoais do responsável, endereço e dados escolares. No caso de Ceim’s, além destas informações são solicitados dados sobre renda familiar. É possível também realizar a matrícula nas escolas municipais ou na Central, localizada na sede da Semed, no Pavilhão Dom Teodardo Leitz, ao lado do prédio da prefeitura.

Após o período de inscrições, os pais ou responsáveis pelos alunos devem ficar atentos à "Designação", que será divulgada a partir do dia 21 de janeiro.

Por fim, acontecerá a "Confirmação de Matrícula", que terá períodos diferentes para Ceim e escolas. Para os centros de educação infantil a confirmação acontece no dia 1° e de 4 a 6 de fevereiro. Para as escolas, no período de 22 a 25 de janeiro.

A estimativa de vagas passa de 24 mil para escolas e deve ultrapassar 6 mil nos Ceims, conforme dados da Semed. Dourados conta com 45 escolas municipais e 38 Ceims, além de instituições conveniadas.

CRITÉRIOS PARA DESIGNAÇÃO

Quanto aos critérios para designação, para o Ceims, serão prioridade de vagas crianças em situação de abandono, de risco social ou que são assistidas por portadores de doenças crônicas, crianças de família de menor renda, filhos de pai e mãe que trabalham e filho de doador de sangue.

Para as unidades escolares, a prioridade será para crianças e adolescentes vítimas de violência doméstica e familiar, aluno com necessidades educacionais especiais (mediante apresentação de comprovante de Avaliação Técnica e Laudo Médico no ato de matrícula), aluno, pai, mãe ou responsável legal que seja doador de sangue, com a apresentação de cópia dos respectivos comprovantes anexados junto à ficha de inscrição, aluno que tenha irmão estudando na unidade escolar e aluno de menor idade.

 

Envie seu Comentário