Dourados

Junior Bittencourt foi morto por demitir funcionário que se recusava a usar máscara

05/07/2020 14h50 - Por: Folha de Dourados

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

O ex-secretario municipal de Agricultura Familiar Alceu Junior Silva Bittencourt foi assassinado pelo funcionário Fernando Souza que havia sido demitido por se recusar a usar a máscara de proteção ao coronavírus durante o expediente na barbearia.

A informação foi publicada por uma irmã de Junior Bittencourt numa rede social (leia ao lado). Ela também confirma a versão de que o irmão foi morto, aos 36 anos, no começo da tarde de ontem (04), quando cortava cabelo de um cliente na barbearia de sua propriedade, na rua Mozart Calheiros, no Izidro Pedrozo.

O corpo de Junior Bittencourt foi sepultado no final da manhã deste domingo (05) no Cemitério Santo Antonio de Pádua.

Desde maio do ano passado ele respondia pela pasta da Agricultura Familiar da administração da prefeita Délia Razuk (PTB).

Jovem liderança política emergente que surgiu no movimento estudantil nos anos 2000, Junior Bittencourt era formado em Geografia pela UFGD e foi assessor do ex-deputado estadual Laerte Tetila (PT) e candidato a vereador em duas eleições pelo Partido dos Trabalhadores.



Envie seu Comentário