DOURADOS

Encontrado morto enrolado em lençóis estava foragido do semiaberto

O homem encontrado morto nesta quinta-feira (18) em Dourados, foi identificado como Vagner Sebastião dos Santos Haak, 27, o "Bugão". Condenado por assassinato praticado em 2012, Vagner estava foragido do regime semiaberto.

18/04/2019 12h32 - Por: Folha de Dourados

 
Policiais no local onde corpo de foi encontrado nesta quinta-feira em Dourados (Foto: Adilson Domingos) Policiais no local onde corpo de foi encontrado nesta quinta-feira em Dourados (Foto: Adilson Domingos)

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

O homem encontrado morto nesta quinta-feira (18) em Dourados, foi identificado como Vagner Sebastião dos Santos Haak, 27, o "Bugão". Condenado por assassinato praticado em 2012, Vagner estava foragido do regime semiaberto.

Ele foi torturado e enforcado com uma corda de nylon. Com as mãos e pés amarrados, o corpo foi enrolado em três lençóis e jogado em uma matinha nos fundos do BNH 4º Plano, região sul de Dourados.

De acordo com a polícia, o corpo foi identificado por um cunhado de Vagner. O irmão da vítima é esperado para fazer o reconhecimento oficial.

Vagner Haak tinha sido preso no dia 26 de novembro de 2012 pela Polícia Civil de Itaporã acusado de matar Ana Moraes Marcelino, 54. O corpo tinha sido encontrado três dias antes dentro de um poço, já em decomposição.

Na época com 19 anos de idade, Vagner confessou o crime. Ele disse que estava na casa da mulher e ambos consumiam bebida alcoólica quando Ana teria xingado a mãe dele. Revoltado, Vagner aplicou uma gravata na mulher, a deixou desacordada e depois jogou o corpo no poço.

Vagner foi condenado a dez anos de prisão e cumpriu parte da pena em regime fechado na PED (Penitenciária Estadual de Dourados). Depois foi para o semiaberto, de onde estava foragido desde julho do ano passado após deixar o presídio para uma saída temporária de sete dias. (Campo Grande News)

 

Envie seu Comentário