Rota de Colisão

Dourados: por boquinhas na Câmara está valendo até fogo amigo

A tropa de choque composta por suplente no exercício do cargo, ex-vereador e graduado morando em Campo Grande, além de peixinhos, está oferecendo mundos e fundos para arregimentar 13 votos para cassar o trio na mira do sistema judicial

01/02/2019 17h06 - Por: Folha de Dourados

 

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Duas das principais lideranças eleitas de Dourados podem estar em rota de colisão provocada por fogo amigo de correligionários que querem a todo custo se apoderarem das três vagas dos vereadores afastados Idenor Machado (PSDB), Pedro Pepa (DEM) e Ramão Cirilo (MDB), além de espaços bem remunerados na Câmara. A tropa de choque composta por suplente no exercício do cargo, ex-vereador enroscado com a Justiça e graduado morando em Campo Grande, além de peixinhos, está oferecendo mundos e fundos para arregimentar 13 votos para cassar o trio na mira do sistema judicial.

 

Envie seu Comentário