Eleições 2018

Dourados pode eleger até sete deputados estaduais, diz analista

05/10/2018 10h17

Dourados pode eleger até sete deputados estaduais, diz analista

Por: Folha de Dourados
 
 
Foto montagem/João Grandão, Neno Razuk, Marçal Filho, Renato Câmara, Barbosinha, Elias Ishy e Zé TeixeiraFoto montagem/João Grandão, Neno Razuk, Marçal Filho, Renato Câmara, Barbosinha, Elias Ishy e Zé Teixeira

Se o eleitorado douradense fechar às portas aos "paraquedistas", o município com cerca de 160 mil eleitores poderá eleger no domingo (07) sete deputados estaduais superando o recorde de 2014, quando conquistou cinco das 24 cadeiras da Assembleia Legislativa.

Em ordem alfabética poderão ser eleitos Barbosinha (DEM), Elias Ishy (PT), João Grandão (PT), Marçal Filho (PSDB), Neno Razuk (PTB), Renato Câmara (MDB) e Zé Teixeira (DEM). As novidades seriam Elias e Neno, já que os demais seriam reeleitos.

O outro atual deputado estadual de Dourados, George Takimoto (MDB), disputa uma das oito vagas de MS na Câmara dos Deputados. Há um reparo a fazer no trabalho do Shinsuke Ono: em 2014 Renato Câmara não era, ainda, deputado de Dourados. Só transferiu o título em 2015. Até então tinha domicílio eleitoral em Ivinhema, onde foi, inclusive, prefeito.

Essa expectativa está fundamentada em dados estatísticos no trabalho cedido à Folha de Dourados pelo engenheiro civil e analista político Shinsuke Ono.

Ele alerta, contudo, que apesar da necessidade do voto "bairrista", os candidatos de Dourados precisarão conquistar eleitores de outros municípios, ainda porquê têm domicílio eleitoral num polo regional, que atende, por exemplo, uma população de 800 mil pessoas na área da saúde de 32 cidades sul do Estado.

Veja a seguir a íntegra do documento:

 

Eleições 2018: Expectativa de Dourados

Quantos "Deputado Estatual Douradense" serão eleitos em 2018

(Quadro e Gráficos anexos)

1 - Histórico: Representante Douradense na Assembleia do Estado

2 - Eleições 2014: Resultado Geral do Estado - Deputado Estadual

3 - Eleições 2014: Diagrama de Pareto – Resultado Geral do Estado

4 - Eleições 2014: Resultado Geral no Estado - Distribuição de Vagas (Eleitos) por Coligação

5 - Eleições 2014: Resultado no Município de Dourados

6 - Eleições 2014: Diagrama de Pareto – Resultado Geral do Município de Dourados

7 - Eleições 2018 –Candidatos a Deputado Estadual por Coligações.

Candidatos potencialmente forte concorrente no Estado e dentro das Coligações.

8 – Analise

Nas Eleições 2018 Dourados pode bater recorde em número de representes na Assembleia Legislativa do Estado?

 
 

3 - Eleições 2014: Diagrama de Pareto – Resultado Geral do Estado

O diagrama foi construído baseado nos resultado Geral das Eleições 2014, com os dados de 393 candidatos que teve o total de 1.204.007 votos nominais.

Nesta diagrama podemos observar de que, com apenas 78 candidatos mais votados representando 20% do total dos concorrentes alcançaram a soma de 1.067.100 votos ou seja 88,63% do total de voto nominal Estadual.

6 - Eleições 2014: Diagrama de Pareto – Resultado Geral do Município de Dourados

Diagrama foi construído baseado nos resultado das Eleições 2014 no Município de Dourados com os dados de 393 candidatos que teve o total dos 96.856 votos nominais em Dourados.

Nesta diagrama podemos observar de que, com apenas 20 candidatos mais votados representando 5,09 % do total dos concorrentes alcançaram a soma de 81.049 votos ou seja 83,68% do total de voto nominal do Municipal.

 

8 - Analise

Nas Eleições 2018 Dourados pode bater recorde em número de representes na Assembleia Legislativa do Estado?

Nas eleições de 2014, Dourados elegeu o maior número de deputados Douradenses na história da Assembleia do MS, isto é 5 (cinco) representantes do Município, enquanto ao longo de 3 (três) décadas das eleições não passavam de 4 (quatro) deputados eleitos de Dourados.

São os fatos bastante significativo, pois a conquista de uma vaga do deputado depende de vários fatores, entre eles o número de votos validos da coligação que o candidato pertence e seu posicionamento entre os seus concorrentes internos. Estes votos Validos da coligação são comparados com o número de QE (quociente eleitoral) que definem o direito das vagas, sendo QE das Eleições 2014 foi de 54,705 votos no Estado.

Seguindo esse raciocínio o município de Dourados com total de voto nominal de 96.859 não poderia eleger mais de 2 deputados estaduais.

Isto significa que é muito difícil ser eleito exclusivamente com votos de um único município, assim como há uma necessidade imprescindível de uma base solida e robusta em seu reduto eleitoral principal que normalmente o seu domicilio eleitoral.

Todos os candidatos Douradenses eleitos tiveram os resultados de Dourados como base principal, na conquista de votos complementares nos demais municípios adjacentes.

Nos Diagramas de Pareto referente ao Geral Estadual houve a necessidade de 20% dos candidatos mais votados para alcançar 88,63% do voto valido, enquanto o Diagrama de Dourados mostra que foi necessário apenas 5,09% dos candidatos (principalmente de candidatos Douradenses) para atingir 83,68% do total de voto nominal. Isto significa a preferência dos eleitores Douradense nos candidatos da cidade, ou seja maioria do voto Douradense foram para os candidatos da casa.

Do elenco de candidatos Douradense registrados no TER MS, relacionei subjetivamente uma lista de nomes que tem uma forte tendência na conquista de uma vagas na Assembleia no quadro de item "7 - Eleições 2018 –Candidatos a Deputado Estadual por Coligações".

Nesta listagem selecionei 7 nomes de candidatos Douradense com grande possibilidade da conquista (Pela ordem alfabética).

1- BARBOSINHA - DEM, candidato a REELEIÇÃO, com base bastante consolidado pelo exercício do seu mandato e complementado pala ocupação do cargo de Secretário do Estado de Justiça e Segurança Pública.

2- ELIAS ISHY – PT, Vereador em Dourados que tem grade prestigio do seu partido e tenta conquistar os eleitores do ex-prefeito Laerte Tetila.

3- JOÃO GRANDÃO – PT, candidato a REELEIÇÃO, tem experiência e estrutura pela disputa anterior na campanha de deputado federal.

4- MARÇAL FILHO – PSDB, Vereador de Dourados, tem experiência e estrutura pela disputa anterior na campanha de deputado federal.

5- NENO RAZUK – PTB Herdeiro político da família; sendo a mãe Delia Razuk prefeita de Dourados, e o pai Roberto Razuk ex-deputado estadual.

6- RENATO CÂMARA – MDB candidato a REELEIÇÃO, com base bastante consolidado pelo exercício do seu mandato, e o seu nome foi divulgado e conhecido nas Eleições 2016, como candidato a Prefeito de Dourados quando foi classificado em 3º mais votado.

7- ZÉ TEIXEIRA DEM, candidato a REELEIÇÃO, com base bastante consolidado pelo exercício de seus 6 (seis) mandatos, um dos deputados com maior experiência nas eleição deste ano.

  • Falamos anteriormente, a conquista de uma vaga do Deputado depende de muitos fatores, entre eles sem dúvida o mais importante é a soma dos votos nominais conquistados, na formação do volume total estadual sempre depende do seu município base, ou seja depende diretamente do comportamento dos eleitores Douradenses na formação de votos do Reduto Base dos candidatos Douradenses.

Felizmente pelas eleições de 2014, podemos esperar a tendência de uma concentração de votos aos candidatos da cidade (ver Gráfico de Pareto de Dourados).

  • Pela tendência verificada dos dados e pelos elencos dos candidatos, este ano, podemos esperar pelo maior número de Deputados Douradenses eleitos na história da Assembleia do MS.

  • Portanto resta torcer pelos votos complementares nos outros Municípios e o resultado de cada Coligação dos candidatos.

 

Envie seu Comentário