DOURADOS

Agetran leva 'Maio Amarelo' às escolas

Parte do esforço em integrar a definida "Década de Ações para a Segurança no Trânsito", período entre 2011 e 2020, fortalecer a campanha do Maio Amarelo tem sido constante trabalho da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran).

16/05/2019 12h33 - Por: Folha de Dourados

 
Foto: Divulgação/Agetran Legenda: Ações nas escolas fortalecem o ensino aos alunos para educação no trânsito Foto: Divulgação/Agetran

Legenda: Ações nas escolas fortalecem o ensino aos alunos para educação no trânsito

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Parte do esforço em integrar a definida "Década de Ações para a Segurança no Trânsito", período entre 2011 e 2020, fortalecer a campanha do Maio Amarelo tem sido constante trabalho da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran).

Técnicos da Agetran concentram nesta semana as ações da campanha Maio Amarelo em algumas unidades escolares de Dourados. Com atividades diversas, como palestras, apresentação de vídeos e simulações de impacto de acidentes, o principal objetivo é levar o tema "trânsito" à consciência dos alunos.

Criada a partir de uma resolução da Assembleia Geral das Nações Unidas com base nos estudos realizados pela Organização Mundial de Saúde, a campanha do "Maio Amarelo" vem sendo desenvolvida em Dourados com o objetivo, sobretudo, de impactar o comportamento e mostrar a forma mais adequada das atitudes de cada um para a promoção do respeito e gentileza no trânsito.

Com isso, estima-se que ao educar as crianças, as orientações acabem chegando aos pais e outras pessoas de círculo familiar e social, garantindo a transmissão de informações que venham a beneficiar toda a população.

O "Maio Amarelo" prossegue durante todo o mês de maio, quando acontecerão outras ações, inclusive em alguns pontos da cidade, como blitze educativas e entrega de material informativo, com maior ênfase ao público do centro da cidade.

"Estas ações visam dar mais tranquilidade e segurança a todos que circulam pelas ruas da cidade, seja pedestres, ciclistas, motociclistas ou motoristas. Uma vez que se aprende sobre a importância do comportamento de cada um, temos maiores resultados", disse o diretor da Agetran, Carlos Fábio.

 

Envie seu Comentário