DOURADOS

"Lutei para viver", diz douradense recuperada da Covid-19 após 9 dias de UTI

30/06/2020 13h57 - Por: Folha de Dourados

 
Foto: Divulgação Foto: Divulgação

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Após 11 dias de internação, sendo nove deles na UTI, a diarista Selma Melo, 42 anos, voltou para a casa recuperada de Covid-19. Ao OPROGRESSO ela disse que hoje está feliz, junto de sua família, mas que viveu momentos desesperadores. "Lutei muito para viver. Em alguns momentos cheguei a pensar que não resistiria, mas me apeguei a Deus e hoje estou bem", relata.

Ela conta que os sintomas começaram por um leve desconforto no corpo que foi evoluindo. "Doía o corpo e a cabeça. A sensação era de quem estava com uma forte ressaca. Depois disso comecei a espirrar e tive febre. No terceiro dia veio a tão desesperadora falta de ar. Corri para a Unidade de Pronto Atendimento. Fizeram exames e fui internada no Hospital Evangélico. Fui para a UTI e fiquei entubada. Via tudo o que acontecia, já que estava consciente mas estava ali, imóvel, nas mãos dos médicos, sem muito poder fazer a não ser lutar pela vida. Me apeguei a Deus e confiei que ele operaria através das mãos dos profissionais. Mas confesso que foi uma experiência muito difícil", relata.

Depois de 9 dias na UTI, Selma começou a reagir e foi para um leito clínico para ser monitorada por dois dias, onde realizou mais exames. "Naquele momento foi com uma luz no fim do túnel. Nem tudo estava perdido. Após as dezenas de exames que fiz finalmente a boa notícia: estava curada e pronta para cumprir quarentena em casa. Foi o momento mais feliz dessa caminhada. Me lembro quando o médico chegou comemorando e dizendo Glória a Deus. Você está recuperada", lembra. (DouradosAgora)

 

Envie seu Comentário