Agricultura

Sistema de Integração agrega ganhos à seleção genética

18/12/2018 11h15

Sistema de Integração agrega ganhos à seleção genética

Por: Folha de Dourados
 

ILPF possibilita aumento da taxa de lotação das pastagens, viabilizando maior número de cabeças/ha

Consolidada no mercado nacional como uma das principais fornecedoras de genética Nelore voltada para desempenho, os investimentos da Bela Alvorada - Nelore Zan em suas fazendas englobam todo o sistema de produção, iniciando pelas pastagens de alta qualidade, importante fator na boa seleção de uma genética avançada.

Desde 2013, o projeto desenvolvido na Fazenda Nova Santo Ângelo, localizada em Jateí/MS, revolucionou a reforma de pastagens por meio da Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). Modalidade de integração que contempla os componentes agrícola, pecuário e florestal, em rotação, consórcio ou sucessão em uma mesma área.

O sistema funciona basicamente com o plantio, durante o verão, de culturas agrícolas anuais. Neste caso, com o plantio de soja, associado a espécies forrageiras, que na propriedade é utilizada a brachiaria Piatã. " Adotamos a ILPF por ser um sistema comprovadamente sustentável para reforma de pastagens e diversificação no nosso faturamento com ganhos de qualidade nas pastagens e consequentemente na produção pecuária", destaca Flávio Aranha, proprietário da Bela Alvorada e Nova Santo Ângelo.

PLANTIO DIRETO

Tudo começa em meados de outubro até final de novembro, com o plantio de soja em 440 hectares, o equivalente a 48% de área útil da propriedade. Nesse processo, é utilizado o Sistema Plantio Direto (SPD), aplicado no país desde 1970. Estudos realizados pela Embrapa comprovam que o SPD aumenta a produtividade nas lavouras em 30% quando comparado ao sistema convencional.

O sistema diminui a erosão, melhora os níveis de fertilidade do solo, mantém ou aumenta a matéria orgânica, reduz custos de produção, permite a melhor racionalização no uso de máquinas, implementos e equipamentos, possibilitando que as diferentes culturas sejam implantadas nas épocas recomendadas e, finalmente, proporciona estabilidade na produção

O ciclo da soja tem a duração de aproximadamente três meses. A colheita é realizada no mês de fevereiro/março e o grão é vendido para cooperativas agrícolas da região. Uma produção de 60 sacas por hectare, em média.

GANHO GENÉTICO

A segunda etapa consiste no plantio do capim após a colheita da soja. No mês de abril, a pastagem já está pronta para receber os animais e resulta em lotações de 6 a 8 UA (Unidade Animal). A taxa de lotação média no Brasil está situada entre 0,4 e 0,6 UA/há. "Nestes pastos de integração comportamos 10 vezes mais unidades animais do que a média nacional. Lembrando que o pasto resultante desse processo é um pasto de alta qualidade ", ressalta Flávio Aranha.

A ILPF utilizada pela unidade do MS e os pastos adubados rotacionados da Bela Alvorada possibilitam o aumento da taxa de lotação das pastagens, viabilizando maior número de cabeças/ha, além de aumento do ganho de peso. Isso permite que na Nova Santo Ângelo se tenham bons pastos durante o inverno, um período em que a maioria das propriedades não tem disponibilidade de forragens. O animal fica mais tempo a pasto e se alimenta de um capim com nível de qualidade muito superior.

O fornecedor de genética enfatiza que o sistema agrega muitos ganhos à genética, pois o animal tem uma boa alimentação desde a desmama. "Com um capim de alta qualidade, alcançamos todo o potencial genético de nossos reprodutores. Com isso, temos animais da seleção Bela Alvorada mais precoces sexualmente e de ótimo desenvolvimento corporal, já estando prontos para vida reprodutiva antes dos 20 meses", salienta Flávio Aranha.

VANTAGENS GERAIS

São inúmeras as vantagens da ILPF, que vão desde o meio ambiente, priorizando o uso consciente dos recursos naturais, até a produção de reprodutores de maneira sustentável.

"Vale lembrar que as pastagens nos sistemas tradicionais de pastejo também exigem tratos culturais,caso contrário, perdem sua capacidade de suporte no decorrer dos anos. Tais práticas englobam combate as pragas e invasoras,adubações de manutenção, calagem dentre outras.Esses manejos e consequentes despesas são totalmente desnecessários nas pastagens resultantes dos programas de ILPF, uma vez que a agricultura assume todas essas práticas" resume Rógerio Costa, proprietário da Exito Rural, consultoria que dá assistência há muitos anos para a Bela Alvorada- Nelore Zan.

Promove ainda melhoria das condições ambientais onde vive o gado (proteção contra tempestades, altas temperaturas e ventos frios), pelo sombreamento das pastagens, fato esse que diminui o estresse dos animais e reduz a perda dos nutrientes presentes no solo.

"A Integração Lavoura Pecuária Floresta é um caminho sustentável de produção, que evita a abertura de novas áreas para atividade pecuária, pelo aumento importante da capacidade de suporte das pastagens, consequente aumento da taxa de desfrute, da produção por unidade de área e do lucro por hectare", finaliza Flávio Aranha.

 

Envie seu Comentário