FUTEBOL

Receitas de clubes brasileiros devem cair quase R$ 2 bilhões em 2020

26/07/2020 10h00 - Por: Folha de Dourados

 
Reprodução | InternetReprodução | Internet

Clique aqui e curta nossa página no Facebook

Por Lauro Jardim, em O Globo

As receitas dos clubes de futebol do Brasil devem cair entre R$ 1,3 bilhão e R$ 1,9 bilhão neste ano — em 2019, o faturamento total foi de R$ 6,4 bilhões. A estimativa consta da versão 2020 do mais tradicional estudo sobre a situação financeira dos 27 maiores clubes nacionais, feito pelo Itaú BBA e que será apresentado na terça-feira.

O levantamento aponta que desde 2019 há uma espécie de nova ordem do futebol brasileiro. Não há mais a divisão entre os grandes e pequenos ou entre os times regionais e os nacionais. O jogo agora se dá entre dois polos.

Em um estão os "economicamente equilibrados" — com o Flamengo de Gabigol puxando a fila, mas que inclui também Palmeiras, Grêmio, Athletico Paranaense, Bahia, Ceará, Fortaleza e Goiás. E no outro, os "financeiramente caóticos" — neste caso, o cordão é puxado por dezenas de clubes que estão em estado de calamidade.

Se a Covid não causou o problema que os clubes enfrentam hoje, pois muitos já encerraram 2019 em estado de penúria, ela certamente acelerará processos de encolhimento de alguns deles.

E, de acordo com Carlos Grafietti, autor do estudo, esta será a próxima grande mudança na estrutura do futebol brasileiro: a relação de forças tende a mudar de forma relevante, com clubes outrora vencedores deixando espaço para clubes eficientes.

 

Envie seu Comentário