Desde 1968 - Ano 54

28.9 C
Dourados

Desde 1968 - Ano 55

InícioInternacionalNo meio da noite sob bombas, um comando israelense liberta dois reféns...

No meio da noite sob bombas, um comando israelense liberta dois reféns em Gaza

- Advertisement -

Um dilúvio de fogo para cobrir uma operação de comando relâmpago. Na madrugada desta segunda-feira (12), as forças israelenses libertaram dois reféns de origem argentina mantidos em Rafah, no extremo sul da Faixa de Gaza. Veja, a seguir, como foi a operação.

01H49: As forças especiais israelenses usam explosivos para forçar a entrada em um edifício no coração de Rafah, onde combatentes palestinos mantêm, no segundo andar, Fernando Marman, de 60 anos, e Louis Har, de 70, sequestrados em 7 de outubro durante o ataque do Hamas, explica o porta-voz do Exército israelense, Daniel Hagari.

É o início de uma “batalha intensa” guiada e acompanhada ao vivo pelos chefes do Exército, da Polícia e do Shin Bet (serviço de Inteligência) a partir da sede deste último, na presença do primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, e do Ministro da Defesa, Yoav Gallant.

01H50: Um dilúvio de fogo cai sobre Rafah, despertando seus habitantes. Os jornalistas da AFP presentes no local ouviram “dezenas de bombardeios” e explosões em vários pontos da cidade. Estes ataques israelenses destinam-se a facilitar a intervenção do comando, especialmente atingindo combatentes do Hamas nas proximidades, de acordo com o Exército.

O comando “extrai Louis e Fernando do apartamento e os retira sob o fogo” em Rafah “para uma área segura”, onde foram examinados por médicos, antes de serem transferidos de helicóptero para o hospital Sheba em Ramat Gan, perto de Tel Aviv, e foram submetidos a exames médicos, acrescentou a mesma fonte.

02H55: O Hamas relata 50 bombardeios aéreos israelenses que deixaram pelo menos 52 mortos e dezenas de feridos. Segundo testemunhas e fontes de segurança palestinas, seis casas e duas mesquitas estão entre os locais atingidos.

Por volta das 03H00: A família de Louis Har recebe uma ligação das autoridades israelenses. “Eles nos disseram: ‘Temos Fernando e Luis, venha vê-los no hospital’”, conta Idan Bejerano, genro de Luis Har. “Em choque”, os familiares dirigem-se de carro até o hospital Sheba, onde os dois homens, acamados “parecem estar bem”. Naquele momento foram “muitas lágrimas, abraços, mas poucas palavras”, segundo Bejerano. “Eles se abraçaram em silêncio”, foi “muito comovente”, diz à AFP o diretor do centro médico, Arnon Afek.

04h39: As forças israelenses anunciam a libertação de Fernando Marman e Louis Har durante uma operação militar em Rafah e sua transferência para o hospital Sheba.

07H02: O Hamas condena o ataque em Rafah e afirma que deixou “cerca de 100 mortos”.

10H12: Em comunicado, Benjamin Netanyahu elogia os “guerreiros valentes” pela “ousada operação” que permitiu a libertação dos dois reféns.

(AFP)

- Advertisement -

MAIS LIDAS

- Advertisement -
- Advertisement -