Murilo Zauith e Reinaldo Azambuja

O governador em exercício de Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith (DEM) assina na manhã desta sexta-feira (05) a ordem de início de serviço para obras de recapeamento na região central de Dourados.

Trata-se de mais uma etapa das obras de revitalização do centro da principal cidade do interior do Estado aprovadas pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). As avenidas Weimar Torres, Joaquim Teixeira Alves e Marcelino Pires já foram recuperadas assim como boa parte do trecho da Hayel Bon Faker, que continua em obras. Reinaldo reassume o Governo na semana que vem. Ele está licenciado nesta semana para tratar de assuntos pessoais.

A ordem de serviço autorizada hoje por Murilo custará R$ 23,9 milhões e foi dividida em quatro partes. O Setor 1 engloba o quadrilátero da Rua Aquidauana, Rua Hilda B. Duarte, Avenida Weimar Gonçalves Torres e Rua Ponta Porã. Esse serviço será executado pela empresa Concrenavi Concreto Usinado, por R$ 5,5 milhões. 

Já o segundo conjunto de vias inclui Rua Barão do Rio Branco, Rua Brasil, Rua Joaquim Teixeira Alves e Avenida Weimar Gonçalves Torres. O custo será de R$ 4,6 milhões e será executado pela Planacon Construtora.

No terceiro bloco, estão Rua Hilda B. Duarte e Firmino V. de Matos, Avenida Weimar Gonçalves Torres e Rua Ponta Porã. Também de responsabilidade da Planacon, esse serviço custará R$ 6,6 milhões.

Por fim, o Setor 4 compreende as ruas Firmino V. de Matos e Floriano Peixoto e Avenida Weimar Gonçalves Torres e Rua Ponta Porã. A Engepar Engenharia vai receber R$ 7,1 milhões por esse serviço.

Essas três empresas também devem realizar obras de drenagem, sinalização viária, calçamento e acessibilidade. A previsão é que as obras sejam concluídas em 540 dias (cerca de um ano e oito meses).

Comentários do Facebook