A mulher de 42 anos, que foi socorrida na manhã de quinta-feira (10), em Campo Grande, na Avenida Salgado Filho próximo ao pontilhão, com sinais de estupro ainda passa por avaliação médica na Santa Casa. O autor ainda não teria sido localizado.

Segundo a assessoria de comunicação do hospital, a paciente está ainda realizando exames e passa por avaliação psiquiátrica. Não há previsão de alta, e exames para situações de estupro já foram solicitados.

A vítima estava deitada em uma calçada nas imediações dormindo quando acordou com o homem a estuprando, segundo o seu relato aos militares que a socorreram, nesta quinta (10).

Quando os militares chegaram ao local, ela estava agitada com as roupas desalinhadas e levantadas e sem calcinha. A vítima disse que o autor era um homem negro, que estava de camiseta de cor branca e fugiu em uma bicicleta. O caso será investigado para a Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).(MidiaMax)

Comentários do Facebook