Reinaldo Azambuja

Pesquisa do Instituto Ranking Brasil divulgada neste domingo (08/05/2022) mostra que a maioria da população de Mato Grosso do Sul aprova a gestão do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

Dos entrevistados, 65,10% disseram concordar com a forma como o tucano está administrando o Estado. Já 32,70% desaprovam e 2,20% não souberam ou não responderam.

Em uma análise mais detalhada, 43,00% consideram o atual governo bom ou ótimo, 31,80% acham que é regular e 23% dizem ser ruim ou péssimo. Outros 2,20% não souberam ou não responderam.

Maioria dos eleitores de Mato Grosso do Sul aprova o governo de Reinaldo Azambuja

Presidente

O presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), é aprovado por 53,00% dos entrevistados em Mato Grosso do Sul. Já 45% desaprovam sua gestão e 2,00% não sabem ou não responderam.

Para 35,20%, o governo Bolsonaro é bom ou ótimo. Para 32,70%, é regular e 30,10% dizem ser ruim ou péssimo. Não souberam ou não responderam 2,00%.

Maioria dos eleitores de Mato Grosso do Sul aprova o governo de Reinaldo Azambuja

Senadores

Quanto aos representantes do Estado no Senado, 30,90% consideram os senadores bom ou ótimo, 33,80% acham que é regular e 25,00% dizem ser ruim ou péssimo. Outros 10,30% não souberam ou não responderam.

Maioria dos eleitores de Mato Grosso do Sul aprova o governo de Reinaldo Azambuja

Deputados federais

Quanto aos representantes do Estado na Câmara dos deputados, 32,50% consideram os deputados federais bom ou ótimo, 33,60% acham que é regular e 24,70% dizem ser ruim ou péssimo. Outros 9,20% não souberam ou não responderam.

Maioria dos eleitores de Mato Grosso do Sul aprova o governo de Reinaldo Azambuja

Deputados estaduais

Quanto aos representantes na Assembleia Legislativa, 34,30% consideram os deputados estaduais bom ou ótimo, 32,00% acham que é regular e 25,60% dizem ser ruim ou péssimo. Outros 8,10% não souberam ou não responderam.

Maioria dos eleitores de Mato Grosso do Sul aprova o governo de Reinaldo Azambuja

Dados da Pesquisa

O levantamento tem os registros no TSE com os números: MS-09961/2022 e BR-01171/2022. Foram entrevistados três mil eleitores acima de 16 anos em 30 municípios do Estado entre os dias 02 e 06 de maio de 2022. Para um intervalo de confiança de 95% e um tamanho de amostra de três mil entrevistas, a margem de erro máxima estimada foi de 1,8 pontos percentuais, para mais ou para menos. O Instituto Ranking Brasil é registrado no Conre 1 com o número: 8561.

Veja a pesquisa completa em PDF no site:

www.rankingpesquisa.com.br

(Do Diário MS News)

Comentários do Facebook