O duelo da volta acontecerá dia 15 de maio, às 18 horas (horário de MS), no Ginásio Amário Vieira da Costa, em Umuarama (PR), a cerca de 560 quilômetros de Curitiba (PR). O vencedor encara, na segunda fase, Associação de Pais e Atletas da Escolinha de Futsal (Apaefs), de Dourados ou Associação Campo Mourão Futsal, do Paraná.

A Copa do Brasil do Futsal, que chega à quinta edição em 2021, é organizada pela Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) e vai durar cerca de quatro meses. No total, participam 30 clubes, de 16 estados, com disputas em cinco fases, no sistema “mata-mata” (eliminatório), em partidas de ida e volta.

Conforme o regulamento, só avança à próxima etapa a equipe que vencer as duas partidas (ida e volta) ou ganhar o primeiro duelo e empatar o segundo. O saldo de gols não é levado em consideração e não há vantagem em eventual prorrogação. Segundo a CBFS, terminando empatada a partida no tempo normal, e na prorrogação, a disputa irá para os pênaltis. A ordem dos jogos da primeira fase é mediante sorteio e nas demais fases a equipe com melhor índice técnico geral faz o segundo jogo em casa.

Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a Copa não terá presença de público nos ginásios e seguirá protocolos de biossegurança. Todos os atletas, membros da comissão técnica e demais envolvidos no certame passam por testes para a Covid-19 antes das partidas. O campeão da Copa do Brasil assegura vaga na Supercopa Magnus de Futsal com os campeões da Taça Brasil e da Liga Nacional e disputam uma vaga na Copa Libertadores.

A temporada do Juventude AG será cheia. Além da Copa do Brasil, a agremiação de Mato Grosso do Sul participará de mais duas competições nacionais: a 48ª Taça Brasil de Clubes – Divisão Especial, que terá Dourados como cidade-sede, de 20 a 26 de junho, e a Liga Nacional de Futsal (LNF), tornando-se o primeiro representante sul-mato-grossense no maior campeonato de futsal no Brasil.

Comentários do Facebook