Perseguição começou após a vítima negar uma investida de um dos acusados

Mulher de 23 anos foi ameaçada por vizinhos, nessa segunda-feira (17), em Três Lagoas, após dois irmãos, vizinhos dela, dizerem que matariam o cachorro da vítima.

De acordo com o site RCN 67, a mulher mora em um condomínio onde divide o quintal com outras residência, inclusive com dos acusados.

Ela teria soltado o cachorro na área e, minutos depois, foi informada que o animal teria escapado e estava solto na rua.

Após conseguir resgatar o cachorrinho, ficou sabendo que os irmãos quem teriam soltado o animal na rua propositalmente.

Ao questionar os acusados, ouviu ironicamente que “o terreno é de comum uso e ele irá ficará sempre aberto, tome cuidado que ainda irei por pó de vidro na comida do seu cachorro e eu sou do comando”.

Por temer as ameaças, registrou um Boletim de Ocorrência pensando no bem-estar do animal de estimação e na integridade física dela.

Para os policiais, ela disse que a perseguição começou após um dos envolvidos ter tentado agarrá-la e ela reagir à importunação sexual. (TopMídiaNews)

Comentários do Facebook