Unidade da Mulher e da Criança (UMC), onde funciona a Maternidade do HU-UFGD

A partir deste mês de agosto, a Maternidade do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (HU-UFGD) retoma o programa de visitas dirigidas para que gestantes e acompanhantes tenham oportunidade de conhecer as dependências, esclarecer dúvidas e receber informações de qualidade antes do momento do parto.

De acordo com o projeto, “a oportunidade para a gestante e seu (ou sua) acompanhante conhecerem a Maternidade contribui para deixá-los mais seguros, confiantes, tranquilos e colaborativos no momento do parto e nascimento do bebê e, ainda, para amenizar as preocupações que a gestante enfrenta, fornecendo a devida atenção à mulher no que tange ao conhecimento do local onde possivelmente terá o parto e orientando-a sobre os seus direitos na Maternidade”. 

Como funciona

No dia agendado, gestante e acompanhante serão inicialmente acolhidos na recepção da Maternidade por um residente de Enfermagem Obstétrica, que os acompanhará pelo HU-UFGD, passando pelos setores aos quais as gestantes, geralmente, são encaminhadas ao chegar no dia do parto: Centro Obstétrico e Maternidade. As Unidades de Terapia Neonatal (UTIN) e Intermediária (UI) para bebês que tenham algum risco ao nascer também serão apresentadas. 

Posteriormente, gestante e acompanhante serão convidados a se dirigirem a uma sala de reunião com dispositivos audiovisuais, onde receberão orientações acerca do local onde possivelmente ocorrerá o parto, e a gestante será esclarecida sobre os seus direitos na Maternidade, como por exemplo, o direito ao acompanhante durante o parto. 

Todas as gestantes que participarem das visitas serão convidadas para uma roda de conversa, que será realizada no último sábado de cada mês, no Auditório do HU-UFGD. A roda de conversa discutirá temas como a gestação e suas etapas, mitos e verdade sobre a gravidez e o parto, amamentação, papel do acompanhante, entre outros.