Ontem (22), Jorge Enrique Yunis Ledezma, 26 anos, foi assassinado a tiros em uma rua de Pedro Juan Caballero, na fronteira com Ponta Porã, em Mato Grosso do Sul.

O paraguaio foi atingido por mais de 10 disparos de pistolas quando dirigia um Voyage na Rua Guyra Campana no bairro Jardim Aurora. Jorge já tinha sido vítima de um atentado no dia 24 de julho de 2017.

Naquela ocasião, ele estava em um Pub na Linha Internacional, em Pedro Juan Caballero, quando vários homens chegaram armados de fuzis e pistolas e dispararam centenas de tiros. Na chacina quatro pessoas morreram e várias outras ficaram feridas.

O comissário Amado Galeano da Polícia Nacional disse que não está descartada ligação entre a chacina de 2017 com o atentado da tarde desta sexta-feira.

Comentários do Facebook