Entre os fatos de destaque desta semana, completam-se 25 anos da primeira vitória de um computador no xadrez contra o russo Garry Kasparov. Há dez anos, no Egito, caía o ditador Hosni Mubarak durante a Primavera Árabe. E, nas ondas sonoras, ainda hoje ecoa a incomparável voz de Cauby Peixoto, que completaria 90 anos no próximo dia 10. A semana termina com a comemoração do Dia Mundial do Rádio (13).

Era 10 de fevereiro de 1996. Jogando com as peças brancas, um computador alimentado com pouco conhecimento sobre xadrez ganhava uma partida, pela primeira vez, sobre o campeão mundial Garry Kasparov. Mas não era uma máquina qualquer, e sim o supercomputador Deep Blue, da IBM, que conseguia avaliar e examinar 200 milhões de jogadas por segundo. Kasparov gastava um segundo para avaliar três jogadas.

Ainda assim, o jogador russo ganhou a rodada de seis partidas com um placar de 4 a 2 para o único humano da mesa. No ano seguinte, ele foi derrotado por um Deep Blue melhorado. Em 2003, Kasparov voltava a jogar contra outra máquina, o Deep Junior.

Leia também: Xadrez, o jogo dos reis, surgiu há 1500 anos

Hoje é dia: há 25 anos, supercomputador Deep Blue vencia Garry Kasparov no xadrez
Hoje é dia: há 25 anos, supercomputador Deep Blue vencia Garry Kasparov no xadrez
Comentários do Facebook