divulgação

As areninhas vão permitir a prática de futebol soçaite e basquete 3×3 nos dois municípios. O investimento é de R$ 404,8 mil em cada estrutura. “São módulos muito rápidos, eficientes, tecnológicos e com baixo custo de manutenção, que vão atender, sem distinção, todas as cidades do nosso estado”, frisa o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho.

“Cada inauguração é motivo de muito orgulho, porque estamos levando mais incentivo à prática de esportes, proporcionando uma rotina de atividade física a pessoas de todas as idades”, finaliza o titular da Fundesporte.

O “MS Bom de Bola”

O programa “MS Bom de Bola” foi lançado em outubro de 2021 e integra o pacotão de investimentos do Governo do Estado no esporte, o “MS +Esporte”, com destinação de R$ 120 milhões, maior aplicação no segmento na história de Mato Grosso do Sul. Ao todo, serão instaladas 112 arenas esportivas pelo estado. Cada uma das 79 cidades sul-mato-grossenses receberá ao menos uma arena.

As praças esportivas são feitas com grama sintética, nos moldes dos estádios do Allianz Parque (São Paulo) e da Arena da Baixada (Curitiba), e servem para a prática de futebol soçaite e basquete 3×3. Na parceria do “MS Bom de Bola”, o Governo do Estado paga as arenas e as prefeituras preparam os terrenos para a instalação, com terraplanagem, concreto e pontos de energia.

As arenas esportivas foram contratadas em dois modelos. O primeiro tem estrutura para futebol soçaite e basquete 3×3. O segundo, disposição para o soçaite. A arena preparada para as duas modalidades esportivas tem custo de R$ 404,8 mil cada. Já a arena feita só para o futebol soçaite custa R$ 343,8 mil cada. Os dois modelos são entregues aos municípios com arquibancada e luz de led.

Comentários do Facebook