Primeiro ele deixou as carcaças expostas, mas depois cobriu um pouco

Fazendeiro foi flagrado descartando cabeças de gado mortas, em local inadequado, na BR-060, em Paraíso das Águas. Os dois bovinos teriam morrido vítimas de raios. 

Conforme o BNC Notícias, populares que passavam pelo local flagraram e registraram a ação criminosa. O fato ocorreu perto do quilômetro 132, perto da ponte do Rio Verde, sentido Camapuã. 

O suspeito usou uma caminhonete F-1000 e deixou as carcaças expostas no local. Ao ser flagrado, o homem joga apenas um pouco de terra, mas que mal cobriu o corpo dos bovinos. 

Ainda segundo o site, o caso também foi denunciado à Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (IAGRO/MS), unidade de Paraíso das Águas. O produtor rural seria morador da cidade de Camapuã e deverá ser responsabilizado pelo ato.

O que fazer

Segundo instrução normativa do Ministério da Agricultura, animais mortos em fazendas, não podem ser consumidos por humanos nem por outros aninais. As carcaças devem ser queimadas e enterradas fora das áreas utilizadas para o manejo da exploração pecuária e afastado das demais instalações da propriedade.

Gado morto em decorrência de raio ou de frio pode ficar por horas no campo, longe de condições sanitárias ideais e, portanto, sujeito a contaminações. (TopMídiaNews)

Comentários do Facebook