Museu do Videogame Itinerante é uma das atrações do SESC GEEK 2022, de 26 de março a 10 de abril de 2022, no Shopping Avenida Center. Exposição nacional interativa com mais de 350 consoles de todas as gerações que contam 50 anos de história de evolução dos videogames. Visitantes também poderão jogar os maiores clássicos de todos os tempos, dançar no palco Just Dance, participar de torneios, concurso de cosplay, simuladores de corrida, espaço realidade virtual e muito mais.

Começou neste sábado, dia 26 de março, em Dourados, uma das maiores exposições do país que resgata a história dos videogames. O Museu do Videogame Itinerante é uma das atrações do  SESC GEEK 2022, evento promovido pelo Sistema Fecomércio – Sesc-MS, que vai até o dia 10 de abril de 2022, das 15h às 21h (seg a sáb) e das 14h às 20h (dom), no Shopping Avenida Center. Com entrada TOTALMENTE GRATUITA e ABERTA AO PÚBLICO, a exposição traz mais de 350 consoles de todas as gerações, dezenas de consoles antigos e atuais para jogar, além de trazer Palco movimento, simuladores de corridas, torneios de jogos antigos e atuais, controles gigantes, concurso de cosplay, realidade virtual e as áreas PlayStation 5, Xbox Series, Nintendo Switch, entre outras.

O SESC GEEK 2022 chega como uma das ações do SESC MS de retomada das ações culturais no estado, fomentando o comércio de todas as regiões. “O SESC GEEK é um evento para todas as idades que une história, arte, esporte e lazer de uma forma bem divertida e tecnológica. Os avós, pais e filhos poderão conhecer a história e jogar em videogames clássicos das décadas de 70, 80, 90 e 2000, bem como os da nova geração”, enfatiza a diretora regional do Sesc, Regina Ferro.

Criado há 10 anos em Campo Grande-MS, o Museu do Videogame Itinerante, que recebe cerca de 5 milhões de visitantes ao ano e já passou por 18 estados brasileiros, é o primeiro do gênero do país registrado pelo Ibram – Instituto Brasileiro de Museus. Em 2014, recebeu o prêmio do Ministério da Cultura como o museu mais criativo do país. Em 2016, foi um dos museus brasileiros escolhidos para representar o país no maior encontro de museus do mundo, em Paris. Em 2019, foi uma das atrações da London Games Festival, o maior evento de games da Inglaterra.

A Exposição 50 anos de videogames mostrará a evolução do mercado mundial de videogames que, atualmente, fatura cerca de 150 bilhões de dólares ao ano, o que é mais do que faturam música e filmes juntos. E isso tudo começou em 1972, quando o engenheiro Ralph Baer anunciou o Magnavox Odyssey, considerado o primeiro console de videogame do mundo.  

De acordo com o curador do Museu do Videogame Itinerante, Cleidson Lima, entre as relíquias estão o primeiro console fabricado no mundo, o Magnavox Odyssey, de 1972; o Atari Pong (primeiro console doméstico da Atari), de 1976; Fairchild Channel F, de 1976 (primeiro console a usar cartuchos de jogos); o Telejogo Philco Ford, de 1977 (o primeiro videogame fabricado no Brasil); o Nintendo Virtual Boy, de 1995 (primeiro a rodar jogos 3D); o Vectrex, de 1982 (console com jogos vetoriais que já vinha com monitor); o Microvision (primeiro portátil a usar cartucho), de 1979 e o R.O.B (robozinho lançado juntamente com o Nintendo 8 bits, em 1985).

Um dos diferenciais do Museu do Videogame Itinerante é que, além de conhecer consoles e jogos raros, os visitantes também podem jogar em alguns videogames que fizeram história, tais como o Telejogo Philco-Ford, Atari 2600 , Odyssey, Nintendinho 8 bits, Master System, Mega Drive, Sega CD, Super Nintendo, Neo Geo, Panasonic 3DO, Turbografx, Nintendo 64, Game Cube, Sega Dreamcast, Xbox, Playstation 1, PlayStation 2, entre outros. 

Além das ilhas de antigos, os visitantes da nova geração poderão conhecer e jogar lançamentos do PlayStation 5, Microsoft Xbox Series e Nintendo Switch, além de pilotar supermáquinas em cockpits que trazem gráficos realistas, jogar nos controles gigantes de Atari, Nintendinho 8 bits, Master System e Super Nintendo e experimentar jogos em realidade virtual com o PlayStation VR.

Para aqueles que gostam de dançar e suar a camisa, o SESC GEEK proporciona o palco Just Dance. Nele, o jogador é desafiado a imitar os mesmos movimentos de dançarinos profissionais virtuais e, assim, alcançar a melhor pontuação no ranking do evento. Os mais bem colocados poderão, inclusive, participar do concurso de dança e faturar brindes e prêmios.

Um dos momentos mais aguardados do SESC GEEK será o concurso de Cosplay, atividade em que as pessoas se caracterizam e interpretam seus personagens preferidos de anime (animações japonesas), mangá (quadrinhos japoneses) ou videogames.

Para mais informações sobre o evento, bastante acessar o site do Sesc: sesc.ms, Instagram do Sesc @sescms , Facebook www.facebook.com/sescms, e também do  Museu do Videogame: www.facebook.com/museudovideogameitinerante ou pelo instagram @museudovideogameoficial. 

Comentários do Facebook