Fase da competição reúne representantes de 20 municípios que integram o programa Cidade Empreendedora, executado pelo Sebrae/MS em parceria com as Prefeituras Municipais

Pela primeira vez em Mato Grosso do Sul, o Sebrae/MS, por meio do programa Cidade Empreendedora, realiza o Desafio Estadual das Merendeiras. Com a proposta de valorizar profissionais que preparam a refeição dos estudantes, além de incentivar o uso de produtos da agricultura familiar nas receitas preparadas e estimular uma alimentação saudável, a competição já está na etapa estadual e reúne representantes de 20 municípios do Estado.

A etapa final da competição será realizada nesta sexta-feira (24), em Campo Grande, e conta com a parceria do Sistema Fecomércio, por meio do Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial). Pela manhã, no prédio do Senac Turismo e Gastronomia, os participantes serão divididos em dois grupos e irão preparar as receitas e apresentá-las à um comitê composto por cinco avaliadores, entre eles, Rafa Gomes – chefe campeão da edição de 2018 do programa MasterChef, transmitido pela Band; juntamente com chefes destaques em Mato Grosso do Sul, como Arthur Coelho e Marcílio Galeano.

Na mesma data, a partir das 19h, será realizada uma solenidade para entrega da premiação na sede do Sebrae/MS. A cerimônia será transmitida, ao vivo, por meio do canal do Sebrae no Youtube.  Serão premiadas as merendeiras que apresentarem as três melhores receitas, classificando-as em 1º, 2º e 3º lugar. Segundo o diretor-superintendente em exercício do Sebrae/MS, Tito Estanqueiro, além de valorizar a profissão, a ideia do desafio é fortalecer a agricultura familiar e dar apoio ao empreendedorismo no campo.

“Com o desafio queremos fazer com que as merendeiras se tornem protagonistas e enxerguem a relevância do papel que desempenham. Além disso, pretendemos mostrar como é possível inserir nas escolas uma alimentação saudável com produtos adquiridos do produtor local, já que esse é um dos critérios do edital. As prefeituras podem fazer a compra da agricultura familiar por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o que fortalece quem vive da terra, pois gera renda para as famílias e promove o desenvolvimento”, destacou Tito.

O diretor regional Senac MS, Vitor Mello, ressalta a importância da iniciativa para a melhoria do desempenho dos profissionais e da alimentação oferecida nas escolas. “O Senac é parceiro, pois acredita que ações como essa podem contribuir para a melhoria e diversificação da merenda escolar, deixando-a mais nutritiva, saborosa e melhor apresentada, e ainda, fazendo uso dos produtos oriundos da agricultura familiar, fortalecendo toda a cadeia produtiva, gerando ainda mais valor à quem consome. Esse projeto também tem sua importância pois, de alguma forma, estimula a capacitação profissional das que já estão no mercado, promovendo seu crescimento profissional”, expôs o diretor.

Sobre o Desafio

Participam da etapa estadual representantes de Amambai, Bandeirantes, Camapuã, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Dourados, Inocência, Jardim, Maracaju, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paraíso das Águas, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso, Selvíria, Sonora e Terenos. Cada finalista foi selecionada a partir da etapa municipal, realizada nos municípios, em parceria com as prefeituras, de fevereiro a junho deste ano.

Agora, na etapa estadual, quem participa concorre com a receita que garantiu o primeiro lugar na cidade onde mora. Para a criação dos pratos, não foi permitido o uso de alimentos ultraprocessados. Além disso, foi preciso utilizar a carne bovina ou de frango como proteína principal e incluir, no mínimo, três itens da agricultura familiar previstos no edital. Os critérios foram adotados para incentivar os municípios a adquirirem os itens dos produtores locais, uma exigência prevista pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), além de estimular a criação de cardápios mais saudáveis a partir de hortaliças, leguminosas e frutas.

Mais informações sobre o programa Cidade Empreendedora podem ser obtidas ao clicar aqui ou por meio do número 0800 570 0800.

Comentários do Facebook