Encontro Regional do PT foi realizado no sábado, na Câmara Municipal de Dourados

José Henrique Marques –

O cenário onde se vislumbra candidaturas fortes ao Governo do Estado, como de André Puccinelli (MDB), Rose Modesto (União Brasil), Eduardo Riedel (PSDB) e Marquinhos Trad (PSD) potencializa a chance do PT levar para o segundo turno o virtual candidato do partido, José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT.

Essa possibilidade foi aventada em falas durante encontro regional realizado no sábado (12), na Câmara Municipal de Dourados, que reuniu, além dos deputados Vander Loubet (federal), Amarildo Cruz e Pedro Kemp (estaduais) e vereadores de vários municípios, lideranças de Caarapó, Dourados, Itaporã, Laguna Caarapã, Douradina, Glória Dourados, Jateí, Vicentina, Fátima do Sul, Maracaju, Rio Brilhante e Nova Alvorada do Sul.

Em pesquisas em que o PT teve acesso, Zeca já tem, no mínimo, a metade das intenções de voto ao ex-presidente Lula em Mato Grosso do Sul [algo em torno de 35%].

Em 2018, o candidato do partido, Humberto Amaducci (agora pré-candidato a deputado estadual), teve 11% dos votos no auge das ondas antipetista e pró-bolsonarista. Quatro anos depois, o PT superou a crise e Lula lidera todas pesquisas até aqui.

Some-se a isso, na avaliação das lideranças petistas, o fato de que o ex-governador Zeca é uma liderança consolidada no Estado e é praticamente imbatível nas aldeias indígenas, quilombolas e assentamentos rurais.

O PT avalia que caso Zeca atinja 25% dos votos estará no segundo turno e dependendo do adversário e dos ressentimentos de campanha eleitoral, ele conquista o terceiro mandato de Governador de MS.   

O evento em Dourados, foi o primeiro realizado pelo Diretório Estadual do PT de série de 09 encontros regionais visando mobilizar e organizar o partido para as eleições de 2022, além de fortalecer as pré-candidaturas de Lula à Presidência da República e de Zeca ao Governo de MS e debater a formatação das chapas proporcionais.

O próximo Encontro Regional está marcado para sábado (19), em Naviraí, reunindo também petistas de Iguatemi, Eldorado, Japorã, Mundo Novo, Itaquiraí e Juti.

Comentários do Facebook