Cinco entidades empresariais de Dourados, além do Shopping Avenida Center, solicitaram, na manhã desta quinta-feira (10), ao prefeito Alan Guedes a flexibilização do decreto 400 que institui o lockdown no município, tendo em vista ao Dia dos Namorados comemorado no sábado (12).

As entidades lembram ao prefeito que a data é a segunda com maior movimento em vendas do comércio, perdendo apenas para o Dia da Mães, e os empresários douradenses, de diferentes setores, fizeram investimentos visando a data comemorativa e, portanto, precisam comercializar seus estoques.

Foi solicitado o seguinte para a flexibilização do funcionamento: a) do comércio nos dias 11 e 12 de junho, das 8h às 18h, com quadro de lotação máxima de 30% de espaços permitidos; b) dos bares e restaurantes, entre os dias 11 e 12 de junho, das 11h às 21h, com os protocolos de biossegurança já estabelecidos em decretos anteriores; e c) funcionamento do shopping center da 10h às 20h nos estabelecimentos comerciais e das 10h às 21h da praça de alimentação.  

O documento encaminhado ao prefeito foi assinado pela Associação Comercial e Empresarial de Dourados (ACED), Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados (Sindicom), Câmara dos Dirigentes Lojistas de Dourados (CDL), Associação das Mulheres de Negócio de Dourados (BPW), Associação de Bares e Restaurantes de Dourados (Abrasel) e Shopping Avenida Center.

Conforme o presidente da ACED, Nilson Santos, havia afirmado à Folha de Dourados, no final da manhã, agora à tarde a ACED divulgou a seguinte nota:

Dia dos Namorados: empresários pedem flexibilização do comércio a partir de amanhã

Matéria atualizada às 14 horas.

Comentários do Facebook