Quatro deputados estaduais anunciaram que deixam o G-10 da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nesta terça-feira (22/9). A debandada ocorreu durante a sessão remota realizada pela manhã. 

O primeiro a se pronunciar foi Neno Razuk (PTB), seguido por Evander Vendramini (PP), Lucas de Lima (Solidariedade) e Coronel Davi (Sem partido). 

O grupo foi criado no início do ano passado, quando começou a nova legislatura da Casa e é composto ainda por Capitão Contar (PSL), Londres Machado (PSD), Gerson Claro (PP), Antônio Vaz (Republicanos), João Henrique (PL) e Herculano Borges (Solidariedade). 

Os outros dois blocos existentes na casa permanecem sem alterações. 

No chamado G8, estão os deputados do PT, Cabo Almi e Pedro Kemp, os democratas Barbosinha e Zé Teixeira, além dos emedebistas Eduardo Rocha, Márcio Fernandes e Renato Câmara. Completa o time Lídio Lopes (Patriota).

Já o PSDB, dono da maior bancada da Assembleia, tem como integrantes os parlamentares Felipe Orro, Marçal Filho, Onevan de Matos, Paulo Corrêa e Rinaldo Modesto. (DouradosNews)

Comentários do Facebook